nsc
    nsc

    Infraestrutura

    Novo coronavírus não afeta cronograma da duplicação da BR-470, diz DNIT

    Compartilhe

    Por Pancho
    17/04/2020 - 07h46 - Atualizada em: 17/04/2020 - 10h18
    Obra de duplicação da BR-470 segue cronograma
    Complexo da Mafisa deve ser concluído em julho. Foto: divulgação, DNIT

    Está mantido o cronograma de obras da duplicação da BR-470 para este ano. Quem dá o recado é o superintendente catarinense do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), Ronaldo Carioni Barbosa.

    Segundo ele, o ritmo da obra foi preservado no lote 2, entre Ilhota e Gaspar. Até mesmo dois trechos, que totalizam cerca de um quilômetro, foi liberado recentemente perto do acesso à Ponte do Vale.

    No lote 1, entre Navegantes e Ilhota, houve uma mudança na composição do consórcio responsável pelos trabalhos e agora a obra deve ganhar um ritmo adequado. Já no lote 3 as obras foram paralisadas por alguns dias por causa do decreto estadual que suspendeu as atividades, mas em seguida foram retomadas. Segundo Carioni, a empresa responsável pela obra entre Gaspar e Indaial disse que vai recuperar o tempo perdido.

    É nesse lote, por exemplo, que está Complexo Viário da Mafisa, no entroncamento da BR-470 com a SC-108, ou Rua Pedro Zimmermann. Como antes, essa estrutura formada por pontes, viadutos e acessos, deve ser concluída em julho.

    Carioni quer trazer a diretoria do DNIT para entregar o complexo viário e mostrar a eles o quão importante é a duplicação para o desenvolvimento econômico da região, principalmente neste período de crise. Com isso espera conseguir os recursos necessários para continuar a obra no segundo semestre e, quem sabe, concluir até o fim do ano o viaduto no entroncamento com o Complexo Viário do Badenfurt e acesso a Pomerode.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas