nsc

publicidade

Pancho

Trânsito

O que pode e o que vai mudar no trecho duplicado da Rua Humberto de Campos

Compartilhe

Por Pancho
18/09/2019 - 08h54
Duplicação da Rua Humberto de Campos, em Blumenau
Duplicação da via foi liberada a trânsito no dia do aniversário de Blumenau. Foto: Patrick Rodrigues, BD, 2/9/2019

Duas semanas depois da liberação do trecho duplicado da Rua Humberto de Campos, algumas queixas persistem entre os que passam pela região diariamente. Muitos reclamam da longa fila que se forma na Rua Itapiranga, outros avaliam que o tempo de espera no semáforo do cruzamento das ruas Alberto Stein e Humberto de Campos é exagerado e pouco contribui com a fluidez do trânsito no local. Reclamação não falta, especialmente entre os que transitam nessas vias nos horários de pico, período difícil de transitar em toda a cidade.

O diretor de Mobilidade Urbana da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano (Seplan), Julian Plautz, entende as reclamações e diz que em breve algumas mudanças devem surgir na região. Uma delas é o alargamento do trecho final da Rua itapiranga, junto ao entroncamento com a Humberto de Campos. O estacionamento será proibido nos cerca de 60 metros finais para a implantação de três faixas de rolamento, o que vai aumentar a quantidade de carros na via aguardando pelo sinal aberto e diminuir as filas que hoje chegam, facilmente, à rua João Pessoa.

Sobre os tempos e sincronização dos semáforos, Plautz explica que o motorista terá que esperar um pouco mais pelos ajustes necessários. Com a interdição de parte da Rua Alberto Stein para a montagem da estrutura da Oktoberfest no parque Vila Germânica fica impossível avaliar e adotar medidas definitivas. Ajustes paliativos podem ocorrer neste período, mas uma avaliação definitiva só deve ocorrer depois da festa, ou seja, em novembro.

Deixe seu comentário:

publicidade