nsc
nsc

Seca

Diminuição da chuva em SC preocupa

Compartilhe

Puchalski
Por Puchalski
06/08/2021 - 07h20
Estado vem passando novamente por redução da chuva
Estado vem passando novamente por redução da chuva (Foto: NSC Total)

Durante o mês de julho o assunto do tempo foi o frio. Tivemos fortes massa de ar polar que derrubaram muito a temperatura. Por isso, a questão da chuva, ou melhor, a ausência dela ficou num segundo plano. 

As massas de ar frio também são secas. Como elas passaram muito por dentro do continente, ficamos vários dias com a preseça do sol. Isso fez com que Julho tenha tido chuva abaixo do padrão do mês. Só que lembro: esse padrão já é baixo tradicionalmente. Para terem ideia, no Litoral e áreas próximas o normal é apenas 90 a 100 mm. Mesmo assim, Julho de 2021 fechou com algo entre 10 e 40 mm nesta parte de SC. Onde "mais" choveu foi entre Serra e Oeste. Tivemos 40 a 60 mm, no geral. A questão é que em Julho normalmente nessa região tem algo entre 110 e 170 mm.

Porém, essa redução do volume de chuva não é de hoje. Se olharamos para o passado, temos mais meses com menos chuva do que o padrão do que ao contrário. Em Junho só o Litoral Sul, Grande Florianópolis e parte do Vale do Itajaí tiveram mais chuva que o normal. Naquele mês, 49% dos municípios catarinenses tinham problemas com a falta de chuva.

O QUE ESPERAR

Dentro desse mês de agosto a situação de pouca chuva deverá seguir, especialmente durante esta primeira quinzena. Vamos ter alguma chuva, mas no geral com volumes baixos, mal distribuída - mais no Leste e pouco no Oeste - e passageira. 

Olhando mais para frente, pensando em clima - trago informações do fórum climático catarinense que elaborou a previsão climática de Agosto a Outubro. Dentro desse período deveremos ter influência de um La Niña fraco. Porém, com capacidade de manter até o final do inverno a redução do volume de chuva. Na primavera, anos com La Niña trazem um comportamento curioso da chuva. No geral, mantém a reducão dessa chuva, mas em contra partida, aumenta a frequência de eventos extremos, ou seja, chuva forte que em poucos dias provoca chuva do mês ou até acima. Normalmente, mantém a redução da chuva no Oeste e traz esses eventos fortes na faixa Leste. Precisamos ter uma atenção especial para essa primavera.

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Mais colunistas

    Mais colunistas