nsc
nsc

AR SECO

Economize água; quase não chove na 1° quinzena de agosto em SC

Compartilhe

Puchalski
Por Puchalski
03/08/2020 - 11h04 - Atualizada em: 03/08/2020 - 11h45
Condições da atmosfera quando temos índice positivo da Oscilação Antártica
Condições da atmosfera quando temos índice positivo da Oscilação Antártica (Foto: Arte Ben Ami / NSC Total)

Uma grande massa de ar seco irá comandar o tempo neste começo de agosto aqui no Estado. O mapa abaixo mostra o volume de chuva previsto até o dia 14. Tirando alguns nevoeiros que as vezes provocam um chuvisco de menos de 1 mm, é domínio total de ar seco pelo Estado. 

Volume de chuva previsto até dia 14
Volume de chuva previsto até dia 14
(Foto: )

Só lá pelo dia 15 é que deveremos ter alguma chuva, mas mesmo assim é algo que precisa ser acompanhado.

O QUE INDICA ESSA CONDIÇÃO

Talvez vocês não tenham lido muito sobre Oscilação Antártica. Essa oscilação irá influenciar o tempo fazendo com que tenhamos tantos dias seguidos sem chuva. Para quem não sabe o que é, Oscilação Antártica é o que determina a circulação das áreas extratropicais. Ela é calculada por uma diferença de pressão de Oeste para Leste entre as latitudes 40°S e 65°S.

Pontos de Latitude
Pontos de Latitude
(Foto: )

Este indice pode ser tanto positivo quanto negativo. Basicamente ele mostra como está o padrão da atmosfera ao Sul do nosso continente. 

Quando o índice é positivo temos ventos fortes no extremo Sul do continente, região da Antártica. Isso chamos de fluxo de jato que mantém as baixas presões associadas as frentes frias - sistemas que provocam chuva no inverno em SC - mais ao Sul da América do Sul, ou seja, sem chegar ao nosso Estado.

É O QUE ESTÁ ACONTECENDO

Durante esta primeira quinzena do mês esta oscilação estará positiva. Desta forma, as frentes frias deverão ficar bloqueadas ao sul do continente A ilustração acima ilustra bem esse comportamento. Resultado: dias de sol por Santa Catarina. O que podemos chamar de bloqueio atmosférico.

O que ocorre é que as massas de ar frio vem após a passagem das frentes frias, ou seja, sem frentes, sem ar frio na primeira quinzena de agosto. Como estamos no inverno, as noites e início das manhãs serão de temperatura amenas/frias, mas nada forte na maior parte das cidades. 

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Mais colunistas

    Mais colunistas