nsc
nsc

Chuva forte

Em 12h SC teve chuva acima do padrão de Junho inteiro

Compartilhe

Puchalski
Por Puchalski
09/06/2021 - 08h42 - Atualizada em: 09/06/2021 - 08h43
Alagamento em São José
Alagamento em São José (Foto: Ana Vaz)

Durante a noite passada - dia 8 para 9 de Junho - a faixa Leste de SC teve a presença de nuvens muito carregadas trazendo excesso de chuva em algumas cidades entre o Vale do Itajaí, Grande Florianópolis e Sul. Entre estas três regiões a chuva ocorreu entre 40 e 70 mm em muitas cidades, mas devido os morros característicos dessas regiões, algumas cidades tiveram chuva bem acima disso. 

O QUE OCORREU

Basicamente tivemos a ação de umidade vinda do mar - devido um ar frio sobre o oceano - e a queda da pressão atmosférica em níveis da atmosfera. Importante destacar que quando o vento vem do oceano ele traz um ar úmido que ao encontrar com os morros da região é obrigado a subir. Nesse processo há o resfriamento da massa de ar ajudando a formar nuvens de chuva. Quando temos queda da pressão atmosférica, estas nuvens ficam ainda mais carregadas trazendo em poucas horas, volumes muito elevados.

Posição do ar frio sobre o mar faz o vento (setas brancas) soprar do mar para a costa
Posição do ar frio sobre o mar faz o vento (setas brancas) soprar do mar para a costa
(Foto: )

QUANTIDADE DE CHUVA

Para que vocês tenham ideia da grande quantidade de chuva ocorrida entre Vale do Itajaí, Grande Florianópolis e Sul, trago primeiro o que normalmente ocorre de chuva nestas regiões dentro de um mês de Junho. O volume é baixo em comparação a outros meses do ano. De maneira geral, temos neste mês algo entre 90 a 110 mm.

Só da terça-feira até a madrugada de quarta tivemos:

176 mm em Tubarão;

173 mm em Itajaí;

155 mm em Camboriú;

151 mm em Antonio Carlos;

130 mm em São João Batista;

115 mm em Tijucas

105 mm em Florianópolis (Continente).

O QUE ESPERAR DO TEMPO

Seguiremos com instabilidade atuando pelo Estado entre esta quarta e quinta. O volume mais elevado já ocorreu, mas ainda há chuva que mantém a necessidade de alerta para as regiões de riscos como encostas e áreas ribeirinhas. 

Nesta quarta-feira temos aberturas de sol em grande parte do Estado. Em muitas cidades o tempo será seco. Quem tem mais chance de chuva, sobretudo de manhã, é a faixa entre a Grande Florianópolis e o Sul.

Na quinta-feira, o deslocamento de um centro de baixa pressão deixará novamente o céu encoberto em todas as regiões com chance de chuva. Só poucas áreas com temporais. No final do dia, aberturas de sol ocorrem, mas muito do Oeste ao Planalto. 

A partir de sexta-feira uma nova massa de ar seco e frio avança trazendo sol para o estado até no fim de semana. Ar frio que deverá trazer noites e manhãs geladas. Previsão de geada e temperatura negativa na Serra durante o fim de semana.

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Mais colunistas

    Mais colunistas