nsc
nsc

Meio ambiente

Fumaça de incêndios da Austrália chega em Santa Catarina?

Compartilhe

Puchalski
Por Puchalski
07/01/2020 - 13h42 - Atualizada em: 07/01/2020 - 17h14
Nuvem Pirocumulus
Nuvem Pirocumulus

Nos últimos dias uma série de incêndios vem tomando conta da Austrália. Um dos motivos é um forte calor que o país vem tendo. Para vocês terem ideia, no último sábado a temperatura chegou a 48,9°C em Sidney. A maior temperatura da história da cidade.

Os incêndios são tão intensos que formam nuvens de grande desenvolvimento vertical, ou seja, nuvens que vão a quilômetros de altura. Nuvens que chamamos de Pirocumulus. Nuvens que aparecem numa erupção vulcânica, por exemplo.

Ventos em altitude

Acontece que ao chegar numa altura de 5 a 10 mil metros essa fumaça é levada por ventos que sopram de Oeste para Leste. A ilustração abaixo mostra o "caminho" que esse vento vem fazendo nos últimos dias.

Observem que ele atravessa todo o oceano pacífico — algo em torno de 12 mil quilômetros de distância — trazendo a fumaça até a América do Sul

Posição do vento a 7 km de altitude
Posição do vento a 7 km de altitude
(Foto: )

As cores indicam a velocidade do vento. Vejam a parte que vai do azul para o roxo. É uma onda que vem da Austrália até a América do Sul, sobretudo Chile, Uruguai e Argentina.

Sensação de calor chega a 40ºC em Santa Catarina nesta terça-feira

Rio Grande do Sul com fumaça

Nesta manhã de terça-feira (07), a fumaça entrou no Brasil. No Estado vizinho do Rio Grande do Sul a fumaça apareceu em parte do Estado. Tom de amarelo que aparece em uma das imagens de satélite da manhã desta terça.

Imagem de satélite
Imagem de satélite
(Foto: )

Fumaça em Santa Catarina?

Para responder essa pergunta, precisamos saber a que altura essa fumaça está. Depois ver a posição do vento nesta altitude. Abaixo temos a previsão desse vento para esta quarta (08).

Vento em altitude
Vento em altitude
(Foto: )

Dá para ver que este vento (roxo para o branco) que vem da Austrália fica bem na divisa com o RS, ou seja, principalmente no Estado vizinho. Aqui em SC temos uma outra corrente de vento (mais amarelo para o vermelho) que vem mais do Norte do Chile.

Portanto, há condições dessa fumaça chegar no nosso Estado, mas principalmente nas cidades próximas do RS.

O que poderá ocorrer?

Como a fumaça está a uma altitude grande, não traz grandes influências para as pessoas. Provavelmente nos próximos dias algumas cidades tenham amanhecer e/ou anoitecer mais alaranjado. Essa deverá ser a principal mudança.

Deixe seu comentário:

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Últimas do colunista

Loading interface...
Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Mais colunistas

    Mais colunistas