nsc
nsc

Estiagem

Santa Catarina tem rios com baixo volume de água; pode piorar

Compartilhe

Puchalski
Por Puchalski
07/12/2021 - 13h06
Cidades com rios de volume baixo
Cidades com rios de volume baixo (Foto: Epagri)

Neste mês de dezembro a chuva tem ocorrido muito na faixa Leste do Estado, ou seja, Litoral e áreas próximas. Fora algo muito pontual, mesmo nesta faixa do Estado a chuva tem sido fraca. Ela vem ocorrendo muito por umidade do mar. Condição que normalmente está associada a chuva fraca. Essa condição tem feito com que o Oeste e o Meio Oeste tenham tido mais dias de sol. Condição que vem trazendo diminuição do nível de rios. O mapa mostra quais são as cidades em que a Epagri vem alertando para o problema. Observem que a maior parte das cidades estão no Oeste. Duas cidades estão mais ao Leste, Chapadão do Lageado e São João Batista. Justamente porque a chuva tem sido no geral fraca nesta faixa de SC.

O QUE ESPERAR

Importante destacar que durante boa parte dessa primeira quinzena de dezembro deveremos ter baixos volumes de chuva da Serra em direção ao Meio Oeste, Oeste e Extremo Oeste. Ela ainda seguirá mais concentrada na faixa Leste. No Oeste, alguma chuva prevista no início da semana que vem, mas no geral fraca que não deverá mudar o quadro atual.

LA NIÑA

Novamente lembro que uma das influências do clima neste verão será do fenômeno climático La Niña. Quando isso ocorre há uma redução da chuva ente dezembro e fevereiro mais concentrado da Serra para o Oeste. A chuva tende sempre ficar mais concentrada na faixa Leste. Diante disso, importante destacar o bom uso da água, sobretudo no Oeste visto que os próximos meses deverão seguir a redução de chuva desse mês de dezembro.

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Mais colunistas

    Mais colunistas