nsc
nsc

Educação

A estratégia do governo de SC sobre volta às aulas

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
04/12/2020 - 16h44
Polêmica sobre volta às aulas em SC
Polêmica sobre volta às aulas em SC (Foto: Diorgenes Pandini, Banco de Dados, Diário Catarinense)

O governador Carlos Moisés deve se posicionar sobre o projeto de lei (PL) que trata da volta às aulas somente no limite do prazo legal ou pouco antes das férias escolares. Ao menos esta é uma sugestão que ele recebeu de integrantes de sua equipe. Aprovado na última quarta-feira (2) na Alesc, o PL garante a volta às aulas presenciais independentemente da faixa de classificação de risco para a pandemia no Estado. O texto precisa passar pela Casa Civil, secretarias competentes, receber os pareceres técnicos e jurídicos e, por fim, será encaminhado ao gabinete do governador que sanciona ou veta a matéria. Esse trâmite dura até 15 dias úteis.

A recomendação ao governador faz com que o Estado não tenha que se preparar para uma retomada de curto prazo e num momento grave da pandemia. Isso se deve ao fato de que o ano letivo da rede estadual termina no dia 18 de dezembro e o governador tem até o dia 23 de dezembro para decidir.

Neste sentido, a ideia seria sancionar o PL e logo em seguida os alunos entrariam em férias, mas fica garantida a volta presencial em 2021.

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas