nsc
    nsc

    Saúde

    Coronavírus em Santa Catarina: levar vírus para casa é a maior preocupação de enfermeiros

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    30/03/2020 - 17h21 - Atualizada em: 30/03/2020 - 18h37
    Enfermeiros querem EPIs para todos ( Foto: Pascal GUYOT / AFP )
    Enfermeiros querem EPIs para todos ( Foto: Pascal GUYOT / AFP )

    A maior preocupação dos enfermeiros catarinenses que atuam em postos de saúde e unidades hospitalares é contrair o novo coronavírus no ambiente de trabalho e transmitir aos familiares. A declaração é da presidente do Conselho Regional de Enfermagem de SC (Coren-SC), Helga Bresciani, em entrevista hoje (30) ao Estúdio CBN Diário.

    ​> Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

    - Os enfermeiros de Santa Catarina têm medo de levar pra casa o vírus - disse a presidente.

    Segundo Helga, a orientação aos gerentes de enfermagem é seguir o plano de contingenciamento e fluxos e garantir os equipamentos de proteção individual (EPI).

    Ela salientou quanto à necessidade da indústria catarinense fabricar máscaras, luvas e jaquetas de proteção para não dependermos dos outros para garantir EPI no caso de aumento de demanda.

    Uma reivindicação do conselho é uma mudança no protocolo de utilização dos EPIs. O Ministério da Saúde preconiza o uso da proteção para quem está no atendimento de casos suspeitos e/ou positivos. O Coren defende o uso para todos os profissionais em saúde.

    Acompanhe a entrevista com a presidente do Conselho Regional de Enfermagem de SC (Coren-SC), Helga Bresciani :

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas