nsc
    nsc

    Pandemia

    Crise do coronavírus paralisa setor de eventos em Santa Catarina

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    24/03/2020 - 14h01 - Atualizada em: 24/03/2020 - 16h12
    Setor de eventos e shows sofrem a paralisia de 100% ( Foto: arquivo pessoal)
    Setor de eventos e shows sofrem a paralisia de 100% ( Foto: arquivo pessoal)

    Se todos os setores da economia são impactados pela crise do coronavírus, um em especial está totalmente paralisado. As aglomerações de pessoas, proibidas para evitar o contágio, são a razão de ser do segmento de eventos.

    - Estamos proibidos de atuar. É o setor com maior impacto, 100% da receita está prejudicada - relata o presidente da Associação Brasileira de Promotores de Eventos, Doreni Caramori Jr.

    A paralisação impacta os trabalhadores fixos, que correspondem entre 20% e 25% da mão de obra do segmento, e principalmente os temporários, que são contratados por evento, como autônomos, por freelance ou com regime intermitente. Para o primeiro grupo, conforme Caramori, as empresas já recorrem a férias individuais ou coletivas, banco de horas e já há algumas demissões.

    A Medida Provisória editada pelo governo federal contempla, segundo o empresário, alguns pontos reivindicados pelo setor.

    - Precisamos de métodos alternativos para manter empregos - afirma Caramori.

    Ouça a entrevista ao Estúdio CBN Diário desta terça-feira (24):

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas