nsc
    nsc

    Rodovia Estadual

    Iluminação provisória em Florianópolis mostra que o Brasil não é para amadores 

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    04/03/2020 - 06h08 - Atualizada em: 04/03/2020 - 06h17
    Cinco pessoas ficaram feridas em acidente no novo acesso ao aeroporto em outubro de 2019 (Foto: PMRv/divulgação)
    Cinco pessoas ficaram feridas em acidente no novo acesso ao aeroporto em outubro de 2019 (Foto: PMRv/divulgação)

    De fato o Brasil não é para amadores. Em 2019, trouxe a informação no Bom Dia Santa Catarina, da NSC TV, de que o antigo Deinfra não colocou no pedido de licenciamento da rodovia estadual para o novo aeroporto de Florianópolis o projeto de iluminação da estrada. A explicação é inacreditável. Como os órgãos ambientais federais impuseram tantas exigências e impeditivos, se concluiu que, ou se apresentava o projeto sem a iluminação ou não haveria a estrada. Os órgãos ambientais queriam estudos sobre o impacto da luz dos postes na reprodução das aves. É claro que o governo nega essa informação, mas é a pura verdade. Aconteceu.

    Agora, tão inacreditável quanto, é esse acordo para a instalação da iluminação provisória. Como se fosse coisa simples colocar 63 postes. Ao custo de R$ 350 mil, vai se perder tempo e dinheiro para colocar esses equipamentos que serão trocados daqui a seis meses. Das maiores injustiças de todos os tempos com os portugueses é a existência da chamada “piada de português”. O que existe, de verdade, é a piada de ser brasileiro.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas