nsc
nsc

Dinheiro público

Justiça bloqueia R$ 33 milhões de empresa que vendeu respiradores ao Governo de Santa Catarina

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
29/04/2020 - 18h32 - Atualizada em: 29/04/2020 - 18h57
(Foto: Freepik)
(Foto: Freepik)

A Justiça determinou o bloqueio de R$ 33 milhões da conta da empresa Veigamed Material Médico, contratada pelo Governo de Santa Catarina para a entrega de 200 respiradores para serem utilizados em pacientes com coronavírus. A decisão é da juíza substituta Ana Luisa Schmidt Ramos, da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Florianópolis.

Uma ação popular foi protocolada na madrugada desta quarta-feira, 29, pelo deputado Bruno Souza (Novo). A decisão saiu no fim desta tarde e também suspende qualquer pagamento relativo ao contrato feito com a Secretaria Estadual de Saúde.

“Acabamos de dar o primeiro passo na tentativa de reverter este grande prejuízo para o Estado que foi esta compra dos respiradores fantasmas. Ganhamos mais tempo e mais esperança de rever esses recursos para Santa Catarina, já que não sabemos se os respiradores serão entregues. O governo de Santa Catarina inovou na administração pública: criou o "fiado ao inverso". Paga e sem saber se vai receber o produto. Temos que explicar esses fatos e apontar os responsáveis por essa irresponsabilidade”, afirma Bruno.

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas