Moradoras da Ocupação Marielle Franco, no Alto Caieira, em Florianópolis, serão contemplados por imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), do Governo Federal. A informação é da secretária de Habitação e Desenvolvimento Urbano (SMHDU) da capital, Ivanna Carla Tomasi. O pedido de aprovação do projeto habitacional foi encaminhado pela prefeitura ao Governo Federal.

Continua depois da publicidade

NSC Total lança comunidade exclusiva de Colunistas no WhatsApp

O Ministério das Cidades aprovou o projeto Alto Caieira. Os invasores do terreno público municipal, na ocupação iniciada em 2016, serão os beneficiados, segundo a prefeitura de Florianópolis. No total, 168 unidades serão construídas.

O curioso é que a própria prefeitura propôs uma ação de reintegração de posse naquela área, após a invasão iniciada. 

A ocupação ganhou forte ritmo quando se soube que aquele espaço seria destinado à moradia social. 

Continua depois da publicidade

A cidade desconhece o número exato do déficit habitacional.

Há um último levantamento da Cohab, de 2017, que aponta a necessidade de 17 mil moradias sociais. 

Já o Plano Municipal de Habitação (2012) fala em 7 mil. 

Por isso, a prefeitura lançou, no último dia 20, o novo Sistema de Cadastro Habitacional.

É preciso estar morando no mínimo há cinco anos na cidade para ter direito a um imóvel de programa social habitacional.

Leia Mais

Obra importante na Grande Florianópolis atrasa e governo de SC notifica empreiteira

Ator de Hollywood grava filme em Florianópolis e na Serra de SC

SC pede autorização para ter mais dois aeroportos em pequenas cidades

Destaques do NSC Total