nsc
    nsc

    Impasse

    Sem aditivo, não há obra no trecho sul do Contorno Viário da Grande Florianópolis, diz Arteris

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    05/09/2020 - 07h00
    Contorno Viário da Grande Florianópolis
    Contorno Viário da Grande Florianópolis (Foto: Arteris/Divulgação)

    Enquanto o Tribunal de Contas da União (TCU) não decidir sobre o impasse do equilíbrio contratual da concessão da BR-101, no trecho norte, não haverá o início das obras nos 16 quilômetros do trecho sul do contorno viário da Grande Florianópolis. A informação é do presidente da Arteris, André Dorf, em entrevista à coluna.

    O contorno viário já deveria ter ficado pronto em 2012. A mudança de traçado, provocada devido à construção de um conjunto habitacional sobre o projeto original, em Palhoça, obrigou uma saída alternativa na ponta sul, com a construção de três túneis duplos e um custo adicional de cerca de R$ 900 milhões.

    >Ministro defende pedágio a R$ 3,90 na BR-101 para conclusão do Contorno Viário

    “O contorno da Grande Florianópolis tem 50 Km, nós estamos em obras em 34 kms, com mais de mil operários e 250 máquinas. Não há como iniciar os 16 KMs no trecho sul sem o aditivo contratual. Nós precisamos desses R$ 0,90 de reajuste para podermos nos financiar junto ao mercado. Não temos autorização para começar. O aditivo é o sinal verde para nós iniciarmos a obra e nós estamos preparados para isso”, explicou o executivo da Arteris.

     O assunto foi discutido em videoconferência com representantes da Fiesc, ANTT, Arteris e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, no evento BR-101 do Futuro.

    A ANTT autorizou reajuste de 44% na tarifa do pedágio mas o TCU suspendeu o aumento e a Arteris aplicou apenas a inflação. Esse é o ponto do impasse.

    O prazo de 36 meses para concluir o contorno, portanto, não está valendo, segundo a Arteris. Passaria a valer somente após o reequilíbrio contratual. 

    Escute a entrevista com o presidente da Arteris, André Dorf:

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas