nsc
nsc

Economia

Turismo rural da serra de SC teve melhor desempenho na pandemia; entenda

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
01/05/2021 - 12h43 - Atualizada em: 01/05/2021 - 12h48
São Joaquim
São Joaquim (Foto: Guilherme Hahn / Especial)

O turismo na serra catarinense foi melhor no ano passado, mesmo com pandemia, do que em 2019. Muitas atividades no sistema de home office e as aulas online favoreceram uma melhor ocupação nos meios de hospedagens. Essa é a avaliação de Ana Vieira, secretária-executiva do Conselho de Turismo da Serra Catarinense.

> Mãe de Paulo Gustavo pede ajuda de Irmã Dulce para curar ator

“Nós percebemos isso principalmente nos meios rurais. Os empreendimentos mais dentro da cidade sofreram mais. O ano passado foi tão melhor do que 2019 que nós estendemos a temporada”, explica.

Neste final de semana com feriado do dia do trabalhador não é diferente. A ocupação está elevada na serra.

Os hotéis rurais de Lages e Rio Rufino têm 100% de ocupação. Bom Jardim da Serra, Urupema e São Joaquim estão com 90% dos quartos ocupados. A única cidade serrana que limita a ocupação dos hotéis é Urubici. 

A regra municipal estabelece o limite de 70% dos apartamentos dos meios de hospedagens.

> Frio na Serra de SC faz hotéis da região terem 90% de ocupação para o feriado do Dia do Trabalhador

Ouça a entrevista:

Leia Mais:

> Estufas com plantação de maconha são descobertas pela polícia em duas casas de Florianópolis

> SC vai receber mais de 260 mil doses da vacina contra a Covid-19

> Motorista desvia de caminhão que vinha na contramão e evita tragédia em rodovia de SC; veja vídeo

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas