nsc
    nsc

    Aplicativo

    "Uber" do ônibus começa nesta quinta-feira em Santa Catarina e preocupa empresas de transporte de passageiros 

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    13/11/2019 - 11h15 - Atualizada em: 14/11/2019 - 16h02
    "Uber" do ônibus preocupa empresas de transporte de passageiros(Foto:Ricardo Woffenbuttel/Governo/SC)
    "Uber" do ônibus preocupa empresas de transporte de passageiros(Foto:Ricardo Woffenbuttel/Governo/SC)

    Mais um aplicativo que se assemelha ao Uber, só que para ônibus, passará a funcionar em Santa Catarina. Depois da Buser, agora, a 4Bus vai operar a partir desta quinta-feira (14) em Florianópolis, Balneário Camboriú, Joinville e Chapecó.

    O investimento é de R$ 20 milhões e nasce por meio da Cooperativa de Transporte Rodoviário de Passageiros, Serviços e Tecnologia (Buscoop), com sede em São José, na Grande Florianópolis. A frota no Brasil da Buscoop é de até 2.900 veículos, entre ônibus e micro-ônibus. A viagem poderá custar até 60% mais barato do que na rodoviária, afirma a empresa.

    Resistência

    O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros em Santa Catarina entende que o serviço oferecido é clandestino, sem amparo legal. Já há uma liminar obtida na justiça que impede a operação da Buser, primeira empresa a começar no Estado com serviço semelhante.

    — Nós já denunciamos à ANTT pra fiscalizar. Porque a liminar não está sendo respeitada. Iremos entrar na justiça, também, contra a 4bus. É clandestino. Isso é muito sério. Pode quebrar as empresas. Eles não tem compromisso, como nós, de conceder as gratuidades, como dois lugares para idosos e 50% de desconto aos demais. Gratuidade para deficiente e 50% para estudantes- explica Elias Sombrio, superintendente do SETPESC.

    Confira a entrevista do diretor da Buscoop e da Associação das Empresas de Transporte Turístico e Fretamento de Santa Catarina, Nilton Pacheco:

    Assine o NSC Total para ter acesso ilimitado ao melhor conteúdo de Santa Catarina e aproveitar os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas