nsc
    nsc

    Nova decisão

    A volta do Campeonato Catarinense e os bastidores políticos da decisão

    Compartilhe

    Roberto
    Por Roberto Alves
    27/07/2020 - 11h32 - Atualizada em: 27/07/2020 - 13h23
    Governo autorizou o retorno do Campeonato Catarinense
    Governo autorizou o retorno do Campeonato Catarinense (Foto: Chapecoense / Divulgação)

    O futebol tem sido castigado pela incerteza, quase permanente, da sua prática profissional. Hoje tem, amanhã não, suspensão temporária e a liberação em meio ao aumento assustador da pandemia em Santa Catarina. O futebol agradece o respeito, mas fica no ar a dúvida da certeza ou não desta última liberação, que ocorreu na noite de domingo. Surpresa na sexta feira à noite e não precisa, pois estavam todos certos da retomada do campeonato estadual sem alardes. A prorrogação do decreto mantendo a suspensão do futebol acabou agitando o mundo da bola e provocando uma enxurrada de opiniões das mais variadas possíveis.

    A pressão aumentou e o domingo foi de nova avaliação, especificamente em cima do futebol, pois foi esta atividade que mais atendeu as determinações das autoridades.

    Às 20h de domingo o governo autorizou a liberação (notícia trazida com exclusividade pela CBN Diário) acenando com um novo decreto que seria assinado na segunda-feira. Os dirigentes do futebol entraram em campo para armar o esquema da confirmação da rodada valida pelas quartas de final.

    A exigência do teste do PCR muda o quadro, mas tem jogo. A segunda-feira está sendo de alinhamento da Federação com os clubes para a definição dos jogos.

    Uma coisa está encaminhada: se Figueirense e Juventus conseguirem fazer os testes do PCR hoje, será esse o jogo da TV na quarta-feira às 21h30

    > Faraco: A nova e surpreendente liberação do futebol mostra governo perdido nas decisões sobre o combate à Covid-19

    Bastidores

    Quais as razões que teriam levado o governo a uma suspensão surpresa para uma autorização mais surpreendente ainda?

    Tudo começa pelo jogo do rebaixamento entre Tubarão e Concórdia. No ar uma informação extra oficial de que o prefeito Joares Ponticelli teria agido em defesa do Tubarão, o que é natural trabalhando para que o governo suspendesse o campeonato o que aconteceu. A partir daí, e sabendo de que não haveria futebol, ele liberou a atividade na cidade. Na noite de sexta feira a confirmação de que o estadual continuaria suspenso.

    Jogada política de efeito e tudo começa a se encaixar na medida em que o governador tem uma ligação muito forte com Tubarão, onde exerceu suas atividades quase em toda a sua carreira. Não há como cravar esta informação que corre nos bastidores, mas ela faz algum sentido.

    No domingo o governo percebeu que o futebol foi uma das atividades, se não a única, a cumprir todos os protocolos exigidos pelas autoridades. A suspensão do campeonato traria uma forte complicação.

    Então, se é para a felicidade geral da nação esportiva, digam ao povo que autorizo a volta do campeonato.

    E o rebaixamento? Virou Conceição (musica que consagrou Caubi Peixoto) se desceu ou se subiu ninguém sabe, ninguém viu.

    > Dagmara Spautz: Retomar campeonato em meio à aceleração da pandemia é uma vergonha para SC

    Decreto e tabela na tarde desta segunda-feira

    O Presidente da FCF Rubens Angelotti reúne-se nesta segunda-feira (27) com a sua diretoria de futebol para montar a tabela do restante do campeonato estadual. Está definido que o jogo da TV quarta-feira deve ser Figueirense e Juventus no Orlando Scarpelli. Os outros três na quinta-feira. O jogo do rebaixamento entre Tubarão e Concordia será sábado a tarde, em Tubarão o primeiro deles.

    O decreto do governador do Estado autorizando a volta do futebol será assinado no final da tarde desta segunda-feira.

    A divulgação oficial de todas as informações da tarde desta segunda-feira será no final do expediente do governo do escbntado como tem sido as noticias diarias sobre a pandemia. 

    Leia também:

    O vírus está nas roupas, nos sapatos, no cabelo ou no jornal?

    Saiba o que fazer em caso de suspeita de coronavírus

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas