nsc
    nsc

    Educação

    Ana Campagnolo não vota em petista para presidir comissão

    Compartilhe

    Upiara
    Por Upiara Boschi
    21/02/2019 - 12h16 - Atualizada em: 21/02/2019 - 12h17
    Luciane Carminatti (PT) à esquerda, Ana Campagnolo (PSL) à direita. Foto: Fábio Queiroz, Agência AL
    Luciane Carminatti (PT) à esquerda, Ana Campagnolo (PSL) à direita. Foto: Fábio Queiroz, Agência AL

    As comissões da Assembleia foram definidas dentro do acordo que levou Júlio Garcia (PSD) à presidência. Mas nem todo mundo aceitou o prato feito. Integrante da Comissão de Educação, Ana Campagnolo (PSL) foi o único voto contrário à indicação da petista Luciane Carminatti para comandar o grupo. A parlamentar disse que não poderia votar em um nome do PT.

    O acordo foi endossado por Ismael dos Santos (PSD), Paulinha (PDT), Fernando Krelling (MDB), Valdir Cobalchini (MDB) e Nazareno Martins (PSB).

    Paulinha chegou a tentar convencer Ana Campagnolo acompanhar os colegas, sem sucesso. Apesar do voto contrário, o clima foi cordial - não houve discussão.

    Mais colunistas

      Mais colunistas