Navegue por

publicidade

Upiara

Apoio

Bolsonaro revê neutralidade: "vamos dar uma força ao Moisés em Santa Catarina"

Compartilhe

Por Upiara Boschi
11/10/2018 - 18h15 - Atualizada em: 11/10/2018 - 18h34

Dois dias depois de anunciar neutralidade na disputa entre Comandante Moisés (PSL) e Gelson Merisio (PSD) pelo governo de Santa Catarina, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) cedeu às pressões de seu partido e reviu a posição. Em discurso realizado nesta quinta-feira durante evento no Rio de Janeiro com lideranças eleitas pelo PSL no último domingo, o capitão reformado citou a mudança de posicionamento.

- Vamos dar uma força para o Moisés em Santa Catarina. Eu primeiro tinha uma ideia de neutralidade, mas não. Onde nós tivermos candidatos, vamos dar uma força - disse Bolsonaro.

Bastidores: como o PSL de SC enquadrou Bolsonaro

Na terça-feira, em entrevista à rádio Jovem Pan, Bolsonaro disse que ficaria neutro entre Moisés e Merisio em respeito ao eleitorado catarinense que lhe deu 65% dos votos no primeiro turno - maior percentual do país. O pessedista havia declarado apoio ao presidenciável ainda no primeiro turno. O gesto provocou forte reação no PSL local e entre apoiadores do candidato no Estado. Ainda na quarta-feira, Bolsonaro gravou vídeo em que agradecia o apoio de Merisio, mas dizia torcer por Moisés. Apenas nesta quinta, no entanto, ele afirmou que a neutralidade não vale mais.

Veja o vídeo:

Sem neutralidade

Bolsonaro apoia Moisés

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação