nsc

publicidade

Presidente interino

MDB-SC coloca Daux no comando em Florianópolis e manda recado a aliados de Gean

Compartilhe

Upiara
Por Upiara Boschi
04/11/2019 - 23h10 - Atualizada em: 04/11/2019 - 23h14
Reunião da executiva estadual presidida por Celso Maldaner (ponta da mesa) escolheu Rafael Daux (de camiseta) para comandar interinamente o MDB de Florianópolis. Foto: Emerson Gasperin, Divulgação
Reunião da executiva estadual presidida por Celso Maldaner (ponta da mesa) escolheu Rafael Daux (de camiseta) para comandar interinamente o MDB de Florianópolis. Foto: Emerson Gasperin, Divulgação

A executiva estadual do MDB deu um forte recado aos filiados de Florianópolis que queriam manter o partido na órbita do prefeito Gean Loureiro, que deixou o partido no final de maio. Em reunião nesta segunda-feira, o vereador Rafael Daux foi escolhido para comandar interinamente o diretório de Florianópolis - não houve convenção na Capital porque as duas chapas inscritas não conseguiram cumprir as formalidades previstas no estatuto do partido.

Daux mantém postura de oposição à gestão de Gean desde os primeiros da gestão - especialmente desde o projeto que transformou a Comcap - empresa municipal de coleta de lixo - em autarquia. O vereador defendia a privatização da companhia. No período anterior à convenção marcada para 19 de outubro, Daux fazia parte da chapa que defendia o rompimento da gestão Gean, inclusive com a entrega de cargos comissionados ocupados por filiados.

Com as duas chapas inabilitadas, coube à executiva estadual conduzida pelo presidente Celso Maldaner definir uma comissão provisória que tem 90 dias para realizar a convenção municipal. A escolha de Daux indica que o MDB vai tentar construir um novo projeto em Florianópolis. Apesar de ter deixado a sigla alegando o desgaste nacional do MDB, Gean trabalhava nos bastidores para manter o partido sob comando de aliados.

- Queremos o melhor para Florianópolis e sua gente. Essa será a nossa bandeira e o nosso foco de atuação. O MDB de Florianópolis é maior que o Gean - afirmou Daux após a definição.

A escolha por Daux contou com o aval do senador Dário Berger, que enviou um ofício lido na reunião da executiva por Celso Maldaner. O senador foi derrotado na disputa pela presidência estadual da sigla e estava desde então afastado das discussões partidárias. Maldaner defendeu, mais uma vez, que o MDB tenha candidato em Florianópolis.

- O MDB sempre foi protagonista nas eleições e não será diferente desta vez. A não ser em circunstâncias muito especiais, teremos candidatos em todas as principais cidades do Estado - defendeu Maldaner.

Deixe seu comentário:

Upiara Boschi

Colunista

Upiara Boschi

Faz a leitura e a análise do contexto do cenário político de Santa Catarina, com informações de bastidores. Explica motivações e consequências das principais decisões tomadas nos poderes do Estado.

siga Upiara Boschi

Upiara Boschi

Colunista

Upiara Boschi

Faz a leitura e a análise do contexto do cenário político de Santa Catarina, com informações de bastidores. Explica motivações e consequências das principais decisões tomadas nos poderes do Estado.

siga Upiara Boschi

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade