Quando se trata de beleza, cada um tem seus próprios costumes. Desde a forma de lavar o cabelo até o jeito de arrumar a franja, os hábitos variam entre homens e mulheres. No entanto, nem todas as práticas são benéficas para a saúde dos fios. 

Continua depois da publicidade

Clique aqui e receba notícias no WhatsApp

Às vezes, a rotina diária pode desgastar a saúde capilar sem que se perceba, a partir de práticas com os fios que não parecem nocivas. Entender, então, quais devem ser evitadas é essencial, afinal o cabelo desempenha um papel importante em nossa autoestima e aparência, sendo um reflexo da identidade.

Nesse sentido, é essencial discernir quais ações podem, na verdade, prejudicar a saúde capilar. Para nos ajudar a entender melhor o assunto, a hair stylist Marina Marques, do salão Fil Hair & Experience, compartilha dicas sobre os hábitos que devem ser deixados de lado. Confira!

Continua depois da publicidade

1. Lavar o cabelo com água quente e esfregar os fios 

Para quem ama lavar o cabelo com água muito quente, vai um alerta: isso é um grande erro. “Não se deve higienizar o cabelo com água muito quente e também não se deve esfregar o cabelo, o que pode ser feito são movimentos circular no couro cabeludo sem colocar muita força”, explica.

2. Torcer o cabelo na toalha após a lavagem

Este é outro hábito que não faz bem aos fios. Marina explica que essa ação deixa o cabelo quebradiço, além de criar fissuras nele. 

Saiba como manter os cuidados com o cabelo durante o verão

3. Não entender as necessidades dos fios 

Quanto ao cronograma capilar, este virou hábito de muitas pessoas na hora de cuidar das madeixas para trazer mais hidratação e nutrientes. Contudo, a hair stylist alerta que a prática pode ter efeito reverso. “Cronograma capilar pode, sim, ter o efeito reverso. É preciso sabermos aquilo de que realmente os cabelos precisam, principalmente o couro cabeludo. Às vezes, a pessoa pode fazer um tratamento para hidratação e o que o cabelo precisa é de reconstrução, por exemplo”, afirma Marina.

Continua depois da publicidade

4. Usar fontes de calor sem proteção térmica 

O uso diário de secadores e pranchas também deve ser evitado, já que fontes de calor em excesso prejudicam os cabelos. A hair stylist ressalta que um dos principais erros de quem usa as fontes de calor é não utilizar leave-in, afinal “esse produto ajuda a proteger o cabelo do calor do secador, pranchas, danos da exposição ao sol, mar e entre outros”, esclarece.

Mulher de toalha passando produto no cabelo
Os cremes de hidratação são importantes para a saúde dos fios (Imagem: Puhhha | Shutterstock)

Como melhorar a saúde capilar

Deixar de lado esses hábitos prejudiciais já é um ótimo pontapé inicial para começar a melhorar a saúde dos fios. A profissional também traz uma dica bem importante do que pode ser feito para melhorar a saúde capilar: realizar hidratação com frequência.

“Usar máscaras de nutrientes semanalmente com no mínimo 20 minutos de pausa, sempre respeitando cada tipo de cabelo, é extremamente importante. É preciso se atentar para que o produto não atinja o couro cabeludo. Para as loiras, por exemplo, esse tipo de tratamento é primordial”, afirma Marina.

Continua depois da publicidade

Após essas dicas, é bom rever se os seus hábitos não estão prejudicando os seus fios. Busque ajuda de um profissional para avaliar aquilo que os seus cabelos precisam e cuide deles.

Por Carolina Ribeiro

Leia mais

Conheça as causas e o tratamento da dermatite seborreica

Entenda por que o estresse faz os cabelos caírem

Transplante capilar: entenda como funciona o procedimento 

Destaques do NSC Total