nsc

publicidade

Jaraguá do Sul

"A intolerância venceu desta vez", diz Miriam Leitão após ser cortada de Feira do Livro em SC

Comentarista da CBN foi desconvidada, após organização do evento relatar mensagens de ameaça em redes sociais à jornalista

17/07/2019 - 10h48 - Atualizada em: 17/07/2019 - 15h49

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Jornalista Míriam Leitão
Jornalista Míriam Leitão
(Foto: )

A jornalista Miriam Leitão se manifestou na manhã desta quinta-feira (17), após a participação dela e a de seu marido, o sociólogo e cientista político Sérgio Abranches, terem sido canceladas pela Feira do Livro de Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina. A organização do evento, através de nota nesta terça (16), alega não há como "proteger a integridade física dos convidados e do público", após mensagens em tom de ameaça recebidas pelos integrantes da comissão.

Durante o Jornal da CBN, dentro do quadro "Hora de Expediente", o escritor e editor de livros José Godoy já havia comentado sobre o assunto polêmico. Logo depois, Miriam fazia normalmente o seu comentário dentro do programa, quando o apresentador Milton Jung manifestou solidariedade à jornalista após o ocorrido. Ela agradeceu o apoio.

— A gente nem ia lá falar de assuntos polêmicos, e sim sobre o que nos levou aos livros, o que nos transformou leitores e escritores, os livros que escrevemos, amamos e que nos aproximam. O assunto era "biblioteca afetiva". Estávamos entusiasmados com a ideia de falar (sobre o tema) porque seria muito bom isso. Mas, aí. a intolerância venceu desta vez. Você sabe, o livro sempre foi tratado como uma ameaça, né? Principalmente contra mentes autoritárias — declarou a jornalista na CBN.

Ouça a participação de Miriam Leitão na CBN:

A Feira do Livro de Jaraguá do Sul, em sua 13ª edição, será realizada entre 8 e 18 de agosto. Antes do corte aos escritores, foi colocada uma petição online de repúdio contra a presença da jornalista devido ao "seu viés ideológico e posicionamento".

Comentarista da Rede Globo e colunista do jornal O Globo, Miriam Leitão está entre os mais jornalistas mais premiados no Brasil. Ela já foi vencedora de dois prêmios Jabuti, o mais tradicional da literatura no país.

Já Abranches se manifestou através de uma rede social, após a confirmação de ter sido desconvidado da feira, com um trecho de um poema do alemão Bertolt Brecht, chamado "Aos que vieram depois de nós". Uma das frases da obra é “Que tempos são estes em que é quase um delito falar de coisas inocentes?”.

Deixe seu comentário:

publicidade