nsc
    nsc

    Pop In

    A linha tênue que separa o “desejar” da “necessidade de possuir” é pauta do sexto episódio do Pop In

    O programa traz reflexões a respeito das frustrações e sensações negativas que o apego excessivo a um desejo podem gerar no indivíduo

    28/12/2020 - 10h19 - Atualizada em: 25/01/2021 - 16h11

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    A linha tênue que separa o “desejar” da “necessidade de possuir” é pauta do sexto episódio do Pop In
    (Foto: )

    O ser humano tende a ser carente e, por consequência, tem como hábito constante a busca por coisas novas ou diferentes. Porém, se apegar ao desejo de possuir algo excessivamente pode ser a receita perfeita para a frustração. A partir do momento em que algo que você quer torna-se algo que você “precisa”, isso pode gerar infelicidade. No último episódio de 2020, da primeira temporada do Pop In, Duda Laurentino fala sobre o desejar, e as razões que fazem essa sensação ser mais agradável do que, de fato, possuir.

    Com a evolução da espécie, o desejo nasceu e transformou instintos primitivos em linguagem, aperfeiçoando a comunicação e impactando ainda mais a relação com o mundo, ao invés de ações unicamente intuitivas e previsíveis. Entretanto, o psicólogo e psicanalista brasileiro, Ivan Capelatto, define o desejo como a violência que os seres humanos fazem com seus próprios instintos. Para ele, há uma linha tênue que define o que se de fato deseja, da criação de uma necessidade que nem sempre é positiva.

    Por exemplo, quando se atribui a uma vontade a imposição do “ter que”, o desejo perde o sentido: “ter que possuir um celular novo”, “ter que ter uma rede social impecável”, etc.. Isso pode acabar impedindo de aproveitar o presente, o real e a beleza do agora. Desejar incessantemente faz com que se aproveite apenas o pior, por isso, que tal aproveitar esse encerramento de ciclo em 2020 e fazer o exercício de refletir sobre os desejos que se tem hoje e também os que foram emanados na última semana, mês ou ano? Isso pode ajudar a visualizar melhor o que é ou não prioridade.

    Para te ajudar nessa tarefa, confira o sexto episódio do Pop In, dirigido por Jean Smekatz, e repense a respeito das coisas que você já possui ou que ainda deseja. Aperta o play!

    ​​Acompanhe o Pop In no NSC Total

    Colunistas