Colleen Hoover é uma autora renomada da literatura romântica contemporânea, conhecida por suas narrativas emotivas e cativantes. Sua obra “É assim que acaba”, conquistou uma legião de fãs ao abordar temas sensíveis e profundos, como o amor, a violência doméstica e a superação.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Clique e participe do canal do Hora no WhatsApp

A série é composta por dois livros que devem ser lidos na seguinte ordem: “É Assim Que Acaba” (2016) e “É Assim Que Começa” (2022). Cada livro complementa o outro, oferecendo uma experiência de leitura rica e emocionante.

Continua depois da publicidade

Confira a ordem de leitura correta entre “É Assim Que Acaba” e “É assim que começa”, de Colleen Hoover

1. “É Assim Que Acaba” (It Ends with Us)

Primeiro livro da série, “É Assim Que Acaba” apresenta a protagonista Lily Bloom. Após um passado difícil marcado por um lar abusivo, Lily se muda para Boston em busca de um novo começo. Lá, ela conhece Ryle Kincaid, um neurocirurgião atraente e decidido, e os dois se envolvem em um romance. Porém, a relação deles é abalada quando Atlas Corrigan, o primeiro amor de Lily, reaparece em sua vida. O livro aborda de maneira sensível e realista a violência doméstica e os desafios que Lily enfrenta ao tentar quebrar ciclos prejudiciais, enquanto busca um futuro melhor.

2. “É Assim Que Começa” (It Starts with Us)

Segundo livro da série, “É Assim Que Começa” é a continuação direta dos eventos de “É Assim Que Acaba”. Este livro aprofunda a história de Lily e Atlas, explorando mais detalhadamente o passado de Atlas e como isso molda sua relação com Lily no presente. A narrativa oferece uma visão mais completa dos sentimentos e das dificuldades enfrentadas pelos personagens, enquanto eles tentam construir um futuro juntos após os traumas do passado. A leitura deste livro proporciona uma conclusão mais satisfatória e esperançosa para a história.

Continua depois da publicidade

Leia mais

Por que os livros Colleen Hoover, autora dos EUA, são tão famosos?

O que esperar de “É Assim Que Acaba” na versão para os cinemas

Destaques do NSC Total