nsc
    dc

    Investigação

    Acusado de alvejar carro e matar criança em 2014 em Tubarão é preso

    Disputa pelo tráfico de drogas motivou o ataque, que levou à morte de Ana Carolina Alexandre Sorato, cinco anos

    13/03/2019 - 16h05 - Atualizada em: 13/03/2019 - 16h07

    Compartilhe

    Lariane
    Por Lariane Cagnini
    (Foto: )

    O homem acusado de matar Ana Carolina Alexandre Sorato, cinco anos, em Tubarão, foi preso pela Polícia Civil. O crime ocorreu em 2014, quando ele alvejou o carro onde estava a família, e a criança morreu na hora. O crime foi motivado por disputas envolvendo tráfico de drogas, e desde então, o homem de 26 anos estava foragido. Ele foi encontrado em Santa Rosa do Sul, a quase 120 quilômetros da Cidade Azul, na terça-feira.

    A força-tarefa que cumpriu os três mandados de prisão preventiva que estavam em aberto foi composta pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Tubarão, pelo delegado Rubem Teston, que comandou as investigações na época do crime, e por policiais de Sombrio. Segundo o delegado, apesar do homem estar em local incerto, os agentes nunca desistiram do caso, e há algumas semanas, o setor de investigação recebeu informações sobre o provável paradeiro do acusado.

    — Em Santa Rosa do Sul ele foi abordado, na sequencia fomos até a casa onde ele estava, em Sombrio, e lá apreendemos arma de fogo, uma quantidade de maconha, dinheiro sem procedência e uma identidade que não era dele, já que ele estava se fazendo passar por outra pessoa — detalhou.

    Ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso permitido, falsa identidade e pelo crime de resistência, pois tentou reagir à prisão. Ele deve passar por audiência de custódia e a Justiça vai determinar se ficará preso em Araranguá ou transferido para Tubarão.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas