Quatro pessoas denunciadas pelo Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC) foram condenadas pelos crimes de homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, tentativa de homicídio e associação criminosa, em Joinville. Os acusados receberam penas de 36 anos, 31, 22 e dois anos de prisão, em regime fechado.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

A sessão do Tribunal do Júri aconteceu na terça-feira (2). Conforme o MP-SC, no crime, que aconteceu em 2008, todos os sentenciados se juntaram com o objetivo de praticar vários crimes, entre eles os de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e homicídios.

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

No mesmo ano, o grupo criminoso cometeu os crimes de homicídio consumado e homicídio tentado contra dois homens em Joinville. Três das quatro pessoas, entre elas uma mulher, arquitetaram um plano para matar dois irmãos que atuavam no tráfico de drogas.

Continua depois da publicidade

O crime

Segundo o MP-SC, o crime foi motivado por vingança. Um dos acusados era sócio dos irmãos no tráfico de drogas. Os dois se negaram a quitar uma dívida contraída pelo homem junto a um fornecedor da droga que estaria cobrando o pagamento. Diante disso, o grupo criminoso iniciou o planejamento para assassinar os irmãos.

Os acusados, em 10 de outubro de 2008, dirigiram-se ao estabelecimento comercial de uma das vítimas, no bairro Itaum, em um automóvel. Quando chegaram ao local, um dos acusados entrou no estabelecimento e, quando avistou um dos alvos, disparou diversas vezes em direção à vítima. Outros dois indivíduos também fizeram disparos com uma pistola e com uma escopeta calibre 12, causando a morte do homem. 

Ainda de acordo com a denúncia, em 7 de novembro de 2008, o grupo voltou ao bairro Itaum, e ao avistarem o outro irmão, um dos passageiros do carro desceu do veículo e atirou várias vezes na direção da vítima. O homem não morreu pois recebeu rápido socorro médico. 

Três acusados foram sentenciados por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio com as mesmas qualificadoras e associação criminosa. O quarto acusado foi condenado pelo crime de associação criminosa.

Continua depois da publicidade

*Sob supervisão de Leandro Ferreira

Leia também

Conheça os 15 modelos de Ferrari registrados em Joinville

Conheça a coelha gigante de SC que entrou no pódio das mais pesadas do Brasil

Dono de rara LaFerrari emplacada em Joinville desfila com Bugatti Chiron de R$ 50 milhões

Destaques do NSC Total