nsc

publicidade

Saiba mais

AIDS: contágio, infecção e prevenção; tire dúvidas sobre a doença  

O vírus da imunodeficiência humana ataca o sistema que protege o organismo

30/11/2019 - 15h45 - Atualizada em: 30/11/2019 - 16h55

Compartilhe

Por Lariane Cagnini
aids
Postos de saúde têm camisinha gratuita para a população
(Foto: )

Uma pessoa infectada pelo vírus HIV, com o tratamento adequado, pode viver uma vida inteira sem chegar ao estágio da AIDS. O vírus da imunodeficiência humana ataca o sistema imunológico, que protege o organismo de doenças, afetando principalmente os leucócitos, células de defesa do corpo. Por isso, precisa ser detectado o quanto antes.

Com uma carga viral controlada pelo uso de medicamentos, a infecção não atinge o estado mais avançado que é a AIDS, conhecida como síndrome da imunodeficiência adquirida. No estágio inicial, assim que a pessoa entra em contato com o vírus, a infecção pode ser assintomática.

A coordenadora do programa de atenção à AIDS em Criciúma, enfermeira Patricia Oenning diz que, em alguns casos, a pessoa pode ter sintomas leves, que passam despercebidos. Por isso, em caso de dúvida, o teste é o mais recomendado.

— Houve a infecção, no dia pode acontecer de ter um mal estar, sintomas de uma virose por exemplo. Por anos, a pessoa pode não sentir nada, é silencioso, então o mais importante é fazer o teste — orienta.

Perguntas e respostas: entenda o HIV e a AIDS

Como detectar o HIV?

Os testes rápidos podem ser feitos na rede pública de saúde, de graça. Ao constatar a infecção pelo vírus, a pessoa já passa a receber atendimento específico e realiza exame para medir a carga viral. Em alguns locais também está disponível apoio psicológico ao paciente, que recebe a medicação gratuita via Sistema Único de Saúde (SUS).

Como o HIV é transmitido?

O vírus HIV pode ser transmitido pelo contato com sangue, esperma, secreção vaginal e leite materno. A AIDS, doença causada pelo vírus, não tem cura, e por isso o foco dos órgãos de saúde é na prevenção e na busca por tratamentos cada vez mais eficazes. Evitar comportamento de risco e utilizar preservativo nas relações sexuais são algumas das formas mais simples de evitar a contaminação. Em qualquer uma das fases da infecção, o vírus pode ser transmitido.

A AIDS apresenta sintomas?

Para apresentar sintomas, a infecção por HIV deve estar no estágio avançado, que é a AIDS. Um dos problemas enfrentados por quem trabalha com pessoas que possuem HIV é o diagnóstico tardio. Muitas vezes, o portador do vírus só procura atendimento médico quando já apresenta outras enfermidades, as chamadas doenças oportunistas. Com a imunidade baixa e o organismo tomado pelo vírus, chega-se ao estágio mais avançado da infecção, a AIDS. Nessa fase, ocorrem as doenças sistêmicas. Pneumonia, câncer, problemas neurológicos, mal súbito, fraqueza, emagrecimento extremo, entre outros, considerados sintomas mais avançados. Muitas vezes, a pessoa nem desconfia, até ser feito o diagnóstico.

Como é confirmada a AIDS?

A fase sintomática inicial é caracterizada pela alta redução dos linfócitos T CD4+, que são os glóbulos brancos do sistema imunológico. Nesse momento, eles podem ficar abaixo de 200 unidades por mm³ de sangue. Em adultos saudáveis, esse valor varia entre 800 a 1.200 unidades. Segundo Ministério da Saúde, os sintomas mais comuns nessa fase são febre, diarreia, suores noturnos e emagrecimento.

Como prevenir a AIDS?

A melhor maneira de evitar o HIV / AIDS é a prevenção combinada, com o uso simultâneo de diferentes abordagens conforme o público. A orientação principal é a utilização de camisinha em todas as relações sexuais. Quem utiliza agulhas e seringas, devem optar pelas descartáveis. Na gestação, as mães que fazem o pré-Natal corretamente podem descobrir a doença e evitar que seja passada para o filho.

Leia as últimas notícias do NSC Total​

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC

Deixe seu comentário:

publicidade