nsc
    nsc

    Educação transforma

    Além da teoria: entenda porque fazer estágio é essencial para a carreira profissional 

    Sem medo de errar, a experiência profissional possibilita ao estudante colocar em prática o que aprende na instituição de ensino 

    25/11/2020 - 08h51 - Atualizada em: 25/11/2020 - 08h57

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Ultrapassando a barreira da teoria: estágio é o primeiro passo da carreira profissional
    (Foto: )

    O estágio é o ato escolar educativo supervisionado feito em ambiente de trabalho que visa preparar o estudante para o mundo corporativo. Inúmeras são as vantagens que podem ser atribuídas à prática do estágio para o estudante de um curso de graduação. Apesar disso, segundo dados do Inep/MEC 2018, divulgados pela Associação Brasileira de Estágios (Abres), dos 8.450.755 estudantes que estavam cursando ensino superior no Brasil, apenas 740 mil faziam estágio (8,75%).

    Parte dessa minoria que consegue adquirir prática profissional, a estudante Thaís Gomes Teixeira, que vai se formar no curso de Jornalismo em 2021 na Unisul, conta que fez estágios desde o começo da sua graduação. - Já passei por redação de jornal diário, Setor de Comunicação do CEART/UDESC, Setor de Comunicação do MPSC - todos como estagiária. Em paralelo, também comecei a trabalhar com produção de conteúdo e gestão de redes sociais -, conta a estudante.

    Jornal Laboratório proporciona experiência profissional aos alunos

    Em março deste ano, Thaís começou a participar como voluntária do Jornal Laboratório do Curso de Jornalismo da Unisul / Pedra Branca. - O Jornal Fato & Versão estava com um projeto de cobertura da pandemia e eu vi que podia agregar meus conhecimentos de marketing e gestão de redes sociais para fazer com que o projeto ganhasse mais corpo e força de divulgação -, conta Thaís. A experiência deu tão certo que, no começo deste semestre, a estudante virou bolsista do jornal.

    Criado no início da implantação do curso de Jornalismo na Unisul Pedra Branca, há 23 anos, o Jornal Fato & Versão conta com a participação dos alunos de estágio e das unidades curriculares voltadas à produção transmídia e multiplataforma. O objetivo é priorizar o processo de ensino-aprendizagem, de modo que os estudantes possam se ver no produto editorial da instituição na qual constroem diariamente seus perfis formativos.

    Além disso, a experiência do estágio torna os estudantes mais competitivos quando chegam no mundo do trabalho, pois proporciona uma formação completa e atualizada.

    — O Fato&Versão tem me proporcionado experimentar, testar, validar estratégias e ideias. É um ambiente de aprendizado, mas também é uma possibilidade de criar coisas novas, formas diferentes do jornalismo se comunicar dentro das redes sociais, ser efetivo e cumprir seu papel — destaca Thaís.

    Alunos que fazem estágio costumam ter destaque no mundo do trabalho

    Segundo a coordenadora dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Comunicação Institucional da Unisul, Helena Iracy Cerquiz Santos Neto, os alunos que fazem estágio durante a graduação costumam se destacar no mundo do trabalho.

    — Nas pesquisas acadêmicas sobre egressos, os dados confirmam que a maior chance de atuar na área de formação é daqueles que estagiaram ao longo do curso. Estagiar é algo essencial à formação, é uma forma de "oxigenar" o que foi apreendido no espaço acadêmico, em uma relação recíproca com o mercado de trabalho, que também precisa de novos olhares, pessoas curiosas com o novo, que contribuam com o avanço da sociedade. É uma via de mão dupla — acrescenta a professora e jornalista Helena.

    Dessa forma, os estudantes que fazem estágios conseguem aumentar também suas chances de concluir a graduação já empregados ou, pelo menos, com parte de sua rede de networking formada. Para os jovens esse fator faz a diferença, pois a falta de uma colocação no mundo do trabalho costuma os atingir. Segundo o IBGE, no segundo trimestre deste ano, em meio à pandemia, o desemprego entre as pessoas de 18 a 24 anos ficou em 29,7%, enquanto a média da população em geral foi de 13,3%.

    O papel das instituições de ensino em promover a prática profissional para os alunos

    Segundo a professora Helena, favorecer esse acesso dos estudantes ao mundo de trabalho e proporcionar a eles a experiência da prática profissional de forma supervisionada é um dos papéis da instituição de ensino.

    — Na Unisul, nós temos parcerias, laboratórios, estágio obrigatório interno e os não obrigatórios com possibilidades de atuação externa. Temos também unidades curriculares duais — finaliza.

    Promover a prática do estágio e a inserção do estudante no mundo do trabalho é um dos diferenciais da Unisul. Saiba mais sobre as ações da universidade acompanhando o canal A Educação Transforma.

    Veja mais sobre o assunto em a Educação Transforma.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Especiais Publicitários

    Colunistas