Escrito em letras miúdas no selo que, normalmente, é colado no para-brisa dos automóveis, o prazo para a troca de óleo deve ser cumprido à risca. Esquecer de renovar o fluido pode acarretar uma série de transtornos com o acúmulo de resíduos que gera o desgaste excessivo das peças do motor, o superaquecimento do sistema e, consequentemente, a diminuição da eficiência do veículo. Em casos mais extremos, pode ser a fonte de danos irreparáveis ao motor. Isso porque, o óleo é fundamental para assegurar a lubrificação e proteção das peças, evitando atrito desnecessário.

> Saiba como evitar gastos desnecessários e garantir a segurança do seu veículo

Manter um automóvel apto para ocupar as ruas, trazendo segurança tanto para os ocupantes quanto para os pedestres, é uma das primeiras lições aprendidas por quem dirige. Na lista de tarefas do proprietário faz parte manter em dia a documentação, com pagamento dos impostos, seguros e demais obrigações, e também certificar a revisão mecânica, com verificação rotineira da pressão dos pneus, nível de fluidos, funcionamento dos faróis e, um dos itens mais importantes, observar a qualidade do óleo do motor.  

Isso porque, manter uma frequência adequada na troca de óleo é uma das principais medidas para garantir o bom funcionamento e a vida útil do motor do carro.

Trocar o óleo evita problemas graves no motor

Deixar passar o prazo para trocar o óleo do veículo pode ser o início de uma série de problemas graves e, provavelmente, mais caros do que a substituição regular do fluido. Ao não ser trocado, o nível do óleo cai para menos do que o necessário para o bom funcionamento do automóvel e também se torna mais espesso. Com isso, iniciam os entupimentos do sistema, superaquecendo durante o uso e consumindo mais combustível do que o ideal para funcionar. Caso o motorista não perceba os sinais, o motor pode até mesmo fundir.

Mas quando a troca do óleo do motor é necessária? E quais opções estão disponíveis no mercado? Acompanhe e entenda mais sobre como a manutenção preventiva aumenta a eficiência e segurança do seu carro.

Entenda quando é preciso fazer a troca

Cada fabricante tem uma orientação específica de acordo com o modelo, tipo de óleo e frequência de uso daquele veículo para indicar a frequência da troca do óleo. Para ter certeza de quando marcar a substituição na agenda, verifique o manual do proprietário. De todo modo, a maioria dos especialistas orienta para que seja feita, no máximo, a cada 10 mil quilômetros rodados ou a cada 6 meses, o que acontecer primeiro.

Mas não é apenas nesses momentos que o motorista deve ter atenção com o fluido. Além das trocas recorrentes, é importante que o nível do óleo seja verificado periodicamente. A checagem pode ser feita pelo condutor seguindo instruções simples, desde que o veículo esteja frio e estacionado em local plano. Após abrir o capô que dá acesso a parte mecânica do carro, a vareta de medição deve ser retirada e limpa para ser inserida e retirada novamente, mostrando uma marca confiável do nível do fluido. Caso esteja abaixo do recomendado, procure um profissional ou siga as recomendações do manual para completar com óleo conforme as especificações do fabricante.

Escolha o óleo certo para o seu carro

Sintéticos, semissintéticos, com aditivos ou não e de diferentes viscosidades. Escolher o melhor óleo para o carro é uma tarefa que exige consultar as instruções do fabricante e, se for possível, ouvir a opinião de um especialista para entender qual é mais vantajoso. Isso ocorre, pois cada uma das opções disponíveis atualmente no mercado apresenta vantagens diferentes e que irão atender demandas específicas para o bom funcionamento daquele motor.

Continua depois da publicidade

Os sintéticos, por exemplo, geralmente oferecem maior durabilidade e desempenho, pois são produzidos utilizando componentes fabricados em laboratório e que, por isso, são mais uniformes e se mantêm mais estáveis quando expostos a temperaturas elevadas. O semissintético, por sua vez, mescla o sintético com o mineral formando um produto mais em conta mas que, por outro lado, precisará ser substituído com frequência maior.

Durante as trocas de óleo há ainda outro item que precisa ser renovado: o filtro de óleo. É nele que ficam retidas as impurezas e detritos que estavam no fluido, evitando que elas viagem até o motor e comprometam o funcionamento do carro.

Invista em manutenção preventiva

Os cuidados com a manutenção preventiva do carro proporcionam uma direção mais segura e confortável, geram economia ao prevenir grandes consertos e prolongam a vida útil, possibilitando uma valorização maior em caso de venda. Ao considerar a importância da troca de óleo para o seu veículo, é essencial contar com um serviço confiável e especializado. Em São José, na Grande Florianópolis, a Líder do Óleo e Acessórios é a escolha ideal para a manutenção preventiva. Com uma equipe qualificada e um serviço personalizado, eles oferecem segurança, agilidade e economia aos clientes. Para agendamentos e dúvidas o contato pode ser feito por WhatsApp, no número (48) 98848-6185, ou pelo telefone (48) 3375-8745. Mensagens também podem ser enviadas no Instagram @liderdooleoeacessorios. A loja fica localizada na Rua Luiz Fagundes, 762, B, Praia Comprida.

Não deixe de cuidar do seu veículo e conte com a Líder do Óleo e Acessórios para isso. Acesse o site e saiba mais!

Leia também

Continua depois da publicidade

Cultura açoriana faz parte de gastronomia de Florianópolis: Conheça restaurante clássico português na capital

Descubra o segredo por trás da comida mexicana que virou febre em Florianópolis

Viagem gastronômica para Portugal sem sair de Florianópolis