nsc

    Estadual ameaçado

    Suspensão do Catarinense surpreende Federação: "Só nós não podemos?"

    24/07/2020 - 19h40 - Atualizada em: 24/07/2020 - 21h13

    Compartilhe

    Por Márcio Serafini
    Catarinense 2020
    E agora?
    (Foto: )

    O presidente da Federação Catarinense de Futebol, Rubens Angelotti, recebeu com um misto de incredulidade e indignação o decreto do governo do Estado que prorrogou a suspensão de atividades esportivas até 7 de agosto, o que inviabiliza a retomada do Campeonato Catarinense. Como o Brasileirão começa justamente dia 7, a competição estadual corre o risco de sequer terminar.

    - Infelizmente, fica muito difícil terminar o campeonato - lamentou Rubinho, em entrevista à CBN Diário.

    O decreto foi divulgado na noite desta sexta-feira (24). O Catarinense foi retomado em 8 de julho e novamente suspenso há duas semanas, depois da detecção de casos de coronavírus em vários clubes.

    O presidente da FCF reclama que todo o protocolo que havia sendo acertado para a retomada das atividades foi ignorado. 

    - Eles não confiam no secretário da saúde? Nos médicos do clubes? Todo protocolo foi acertado. Todos os atletas seriam testados! Qual o motivo? Futebol não tem público, meu Deus! - desabafou Angelotti.

    Rubens Angelotti, presidente da FCF
    Rubens Angelotti: e agora?
    (Foto: )

    Todos outros Estados, como o Paraná, estão terminando o campeonato. Nós não podemos por quê? 

    Restam cinco rodadas para o término do Catarinense. No entanto, a CBF marcou os jogos do Brasileirão com intervalo de três a quatro dias de intervalo. As nove primeiras rodadas da Série B, em que estão Avaí, Figueirense e Chapecoense, serão disputadas de 7 de agosto a 12 de setembro. A ideia é terminar a competição em janeiro, com a realização de jogos inclusive na semana do Natal - entre eles o clássico Avaí x Figueirense - e do Ano Novo.

    O presidente da Associação de Clubes e do Avaí, Francisco Battistotti, também pego de surpresa pela notícia da noite de sexta-feira, projeta dificuldades para encerrar a competição, diante da maratona de jogos pelo Brasileiro. 

    - Fui pego de surpresa pois ate as 18 horas estava tudo certo. Nao sei o que houve.

    O decreto coloca em dúvida até o jogo entre Avaí e Náutico-PE, marcado justamente para dia 7 na Ressacada. O clube corre o risco de ter de estrear em outro Estado.

    SC anuncia novas restrições para 10 regiões com risco gravíssimo para coronavírus

    O que diz o decreto

    O Governo do Estado decretou, nesta sexta-feira, 24, a prorrogação da suspensão de competições e eventos esportivos em todo o Estado até 7 de agosto de 2020. A restrição ao funcionamento de cinemas, teatros, casas noturnas, museus, bem como a realização de eventos, shows e espetáculos que acarretam reunião de público vale até o dia 9 de agosto.

    > SC tem total de 844 mortes por coronavírus e 65 mil casos; ocupação em UTI chega a 81,3%

    O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, salientou a importância da cooperação de toda a população: “É muito importante que todos observem as regras sanitárias neste momento, como o uso da máscara, o álcool gel e sair de casa apenas quando necessário. Com isso, vamos ajudar a reduzir a velocidade da curva de transmissão da doença.”

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas