nsc

publicidade

Polêmica 

Após pressão de deputados, Moisés decide retirar termos sobre identidade de gênero de currículo da educação de SC

Governador pede alteração em currículo de base do ensino em SC após deputados estaduais pressionarem por retirada de termos ligados a diversidade do documento

28/08/2019 - 21h58 - Atualizada em: 28/08/2019 - 22h16

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Governador afirmou que vai pedir alteração do currículo de base da educação de SC
Governador afirmou que vai pedir alteração do currículo de base da educação de SC
(Foto: )

Em vídeo divulgado nas redes sociais na noite desta quarta-feira, o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) afirmou que vai pedir a retirada de expressões ligadas a identidade de gênero e diversidade do Currículo de Base da Educação Infantil e Fundamental do Território Catarinense. O assunto foi alvo de pressão de deputados estaduais, que pedem a retirada dos termos do plano e alegam que a inclusão seria uma "proposta ideológica".

Ao lado do secretário de Educação de SC, Natalino Uggioni, Moisés afirmou que ainda não havia tomado conhecimento do documento, que estabelece diretrizes para a educação em todas as unidades de ensino do Estado.

– De qualquer sorte, já estou determinando ao professor Natalino (Uggioni, secretário de Estado de Educação) que faça as correções necessárias, que remeta novamente ao Conselho Estadual de Educação para que faça as correções necessárias – afirmou Moisés.

Ao final do vídeo, o secretário se compromete a retomar a discussão com o Conselho Estadual de Educação, uma das quatro instituições que participaram da elaboração do documento junto com o poder público, para alterar o currículo de base e retirar as expressões sobre diversidade.

Esse é um tema que nós não permitiremos abordagem, principalmente em tenra idade, na rede estadual de ensino.

Entenda o caso

Na sessão desta quarta-feira da Alesc, deputados estaduais criticaram a inclusão de termos como identidade de gênero e diversidade no currículo de base da educação infantil e fundamental do território catarinense, documento que serve como uma espécie de base curricular comum para unidades de ensino de SC.

Em seguida, a Secretaria de Educação chegou a divulgar nota sobre o contexto em que as palavras estavam inseridas, ligadas a habilidades e conhecimentos relacionados ao corpo humano, para alunos do 8º ano do ensino fundamental.

Acesse as últimas notícias do NSC Total

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade