nsc
hora_de_sc

PMF

Após reforma, biblioteca municipal conta com espaço amplo e acessível

Com estrutura acessível para pessoas com deficiência, a Biblioteca Municipal Barreiros Filho tem um acervo de mais de 30 mil títulos diferentes

31/03/2022 - 16h35

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Biblioteca Municipal Barreiros Filho
Biblioteca Municipal Barreiros Filho
(Foto: )

Na tarde da quarta-feira, 23 de março, aconteceu a inauguração da Biblioteca Municipal Professor Barreiros Filho, no Continente, em Florianópolis. O espaço, que foi ampliado e reformado pela Prefeitura de Florianópolis, possui um acervo de mais de 30 mil títulos diferentes para todas as idades, preferências e necessidades e conta agora com estrutura acessível para pessoas com deficiência. O investimento total foi de cerca de R$ 1,5 milhão.

> Com inauguração de novas unidades, rede municipal de ensino cria 1.890 vagas neste primeiro semestre

Inauguração e reforma

A festa de inauguração do novo espaço foi promovida pela Prefeitura de Florianópolis, por meio das secretarias de Educação e do Continente, e contou com corte de bolo em comemoração aos 349 anos da cidade, recreação para crianças e atendimento ao público.

O espaço, que teve a reforma estrutural feita pela Secretaria de Educação, agora é mais do que uma biblioteca, já que ganhou também salas de aula da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJA), sala de dança, de cursos, de artesanato, auditório, áreas de leitura e um novo setor infantil. Já a reforma do mobiliário ficou por conta da Secretaria do Continente,

“A biblioteca é uma ferramenta importantíssima para a educação. Com esse espaço 100% reformado, com tudo novo e um acervo gigante de livros, sabemos que estamos levando oportunidade para quem quer buscar conhecimento”, afirma a prefeitura. 

A reforma incluiu ainda adaptação na estrutura para torná-la totalmente acessível, desde a calçada até a parte interna, que conta com rampa de acesso ao segundo piso, elevador e banheiro adaptado.

Qualquer munícipe de Florianópolis pode realizar empréstimos domiciliares dos livros. Para isso, basta apresentar um documento com foto, comprovante de residência e preencher um cadastro.

A biblioteca fica na Rua João Evangelista da Costa nº. 1160, no bairro de Fátima, em Florianópolis. A administração da Biblioteca fica a encargo da Secretaria do Continente e o funcionamento do espaço é de segunda a sexta-feira, das 8h às 22.

Biblioteca Pública Municipal Professor Barreiros Filho

A Biblioteca Municipal de Florianópolis foi fundada em 10 de setembro de 1956 no bairro Estreito, através da Lei Municipal nº. 238, no mandato do Prefeito Osmar Cunha. O espaço começou a funcionar efetivamente em novembro do mesmo ano.

Antes de estar no atual endereço, a biblioteca inicialmente foi instalada em diversos endereços provisórios. No final de 1960 até 1974 funcionou na Rua Santos Saraiva, transferindo-se, posteriormente, para a Rua Aracy Vaz Callado. Em 1976 mudou-se, desta vez, para as dependências do Colégio Aderbal Ramos da Silva. Em 1985, passou a funcionar à Rua Bernardino Vaz nº 29, cuja construção original destinava-se à moradia, possuindo 73m².

Foi somente em 29 de dezembro de 1988 que a biblioteca passou a ter sua sede localizada na Rua João Evangelista da Costa nº. 1160, no bairro de Fátima, em Florianópolis, vinculada a Secretaria Regional do Continente, na época, na Administração do Prefeito Edison Andrino.

Em junho de 1959, com o advento da Lei Municipal nº 390, sancionada pelo Prefeito Dib Cherem, a Biblioteca Municipal passou a denominar-se “Biblioteca Pública Municipal Professor Barreiros Filho”.

Evolução do acervo

Até 1997 a biblioteca contava com um acervo de 28 mil livros. No ano de 1998, através de campanha de doação popular, o acervo foi ampliado para cerca de 50 mil volumes.

Já em 2012, o acervo da Biblioteca atingiu o expressivo número de 70 mil livros, composto de material didático para exame vestibular, literatura catarinense, brasileira e estrangeira, livros didáticos de primeiro, segundo e terceiro graus, jornais diários, revistas, enciclopédias e demais obras de referência.

Dessa forma, antes dessa última reforma, a biblioteca já contava com um acervo de 72.401 volumes, porém, alguns não estavam em bom estado de conservação e precisaram ser descartados. Agora, com a reforma e renovação do acervo, a biblioteca tem 30 mil títulos diferentes.

Atividades culturais e eventos

O objetivo da Biblioteca é promover o acesso ao material bibliográfico, incentivando o uso de sua coleção através de exposições, eventos culturais e oficinas, contribuindo assim para a formação cultural e educacional da região. No momento, as oficinas estão sendo reformuladas e a intenção é que sejam retomadas em maio.

Além disso, o espaço conta ainda com cinemateca, gibiteca, reprografia, acesso à internet e um auditório, que leva o nome do Prof. Abelardo Sousa,

totalmente acessível para pessoas com deficiências, com espaço para 104 pessoas no total, sendo 60 pessoas sentadas.

A biblioteca possui ainda um espaço dedicado ao folclore e um espaço infantil com gibiteca e livros clássicos de literatura. Além disso, com sede na biblioteca, desde sua fundação (1998), o Grupo de Poetas Livres se reúne uma vez por semana.

Leia também

Santa Catarina produz 97,9% das ostras cultivadas no Brasil

Morador de Florianópolis sai do aluguel e tem vida transformada com a Trimania

Colunistas