Uma término de relacionamento em Dresden, na Alemanha, foi parar no tribunal após Andreas H., de 59 anos, cobrar 23 mil euros da ex-namorada por serviços domésticos realizados na casa que ambos moravam.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

De acordo com informações do jornal Bild, Steffi K., de 61 anos, recebeu uma conta que cobrava atividades como pintura de uma janela, limpeza do telhado, jardinagem e outras ações de manutenção de sua casa, onde morou com Andreas H. enquanto namoravam.

Ao Bild ela afirmou: “Ele queria 2.000 euros apenas para pintar uma janela de madeira, além do custo de presentes e de uma viagem que fizemos no meu aniversário de 60 anos”.

Continua depois da publicidade

Ao se recusar a pagar o valor cobrado, o ex-namorado pegou o telefone da mulher. Como todos os contatos profissionais de Steffi K. estavam no aparelho, ela pagou 1 mil euros para recuperá-lo. O Tribunal Distrital de Dresden considerou a ação coercitiva e condenou Andreas H. a pagar 30 euros ao longo de 40 dias.

Leia mais

Casal arrisca todo dinheiro no sonho do restaurante próprio

Rota Pan-Americana está no roteiro do casal aventureiro de SC que vai ao Alasca

Inteligência Artificial gera imagem de “mulher mais bonita” em 100 países; veja brasileira

Destaques do NSC Total