A arrecadação catarinense ultrapassou a barreira dos R$ 4,5 bilhões em janeiro, estabelecendo um novo recorde. Esse é o maior valor arrecadado em um único mês, segundo dados da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina (SEF/SC). O resultado foi impulsionado pela movimentação econômica causada pelas férias e circulação de turistas no Estado.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

A marca representa crescimento nominal de 22,3% em relação ao mesmo mês do ano passado. Na prática, considerando a inflação de 4,6% do período (IPCA), houve aumento real de 16,9%.

O desempenho da arrecadação de janeiro de 2024 foi impulsionado pelo resultado acima da média de setores como o de combustíveis (alta nominal de 43,8%), supermercados (35,8%) e automóveis (31,8%). Todos os segmentos econômicos monitorados pela SEF/SC apresentaram crescimento.

Os números também refletem as medidas de gestão implementadas pelo Governo do Estado desde o ano passado, principalmente por meio do Plano de Ajuste Fiscal (Pafisc), que trouxeram mais segurança jurídica e fiscal ao ambiente de negócios.

Continua depois da publicidade

— É mais uma prova de que podemos superar as dificuldades sem aumentar impostos. Com muita responsabilidade na gestão das contas, vamos continuar apoiando quem produz e faz Santa Catarina crescer — destaca o governador de Santa Catarina, Jorginho Mello.

Projeção para 2024

Apesar de ser um resultado animador, o secretário Cleverson Siewert (Fazenda) observa que o cenário ainda impõe cautela à gestão estadual. A análise técnica da Fazenda aponta que o mês de janeiro é historicamente beneficiado pelo aquecimento da economia no período, quando muitas pessoas saem de férias e impulsionam o movimento no comércio, no turismo, além do consumo elevado de energia devido ao calor.

— A estabilidade fiscal e o equilíbrio nas finanças públicas são sensíveis aos movimentos do cenário macroeconômico. Precisamos manter os pés nos chão e a prudência que marcaram o primeiro ano de governo para garantir que o Estado continue no caminho do crescimento — analisa o secretário.

A projeção de crescimento da Fazenda para o decorrer de 2024 é mais modesta, com previsão de aumento real entre 6% e 7% ao final dos 12 meses. O ano passado terminou com crescimento real de 4,7% na receita tributária, confirmando as estimativas divulgadas em janeiro de 2023.

Continua depois da publicidade

Leia também

Arrecadação de SC soma R$ 45,8 bilhões em 2023 e alcança projeção do governo

Concursos públicos em SC: veja vagas abertas em fevereiro, salários e prazo de inscrição

Indústria de transformação de SC é a 3ª que mais emprega no país

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Destaques do NSC Total