Se você mora ou frequenta Blumenau, é impossível não ter reparado na florada dos ipês e outras espécies de plantas espalhadas por diversos bairros. O que poucos sabem é que o estresse é uma das explicações que está por trás de toda essa beleza de encher os olhos. Isso mesmo. Até as plantas estão… Digamos, “à flor da pele”.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

A primavera só começa oficialmente daqui a duas semanas, no sábado (23), mas a estação mais florida do ano parece já ter chegado a Blumenau. Prova disso são os pontos coloridos que embelezam a cidade em vários terrenos e calçadas. Os ipês, claro, ganham destaque.

A antecipação das floradas é uma resposta das plantas a um problema vivido em todo o planeta: as mudanças climáticas. A explicação é do professor de Botânica da Furb, André Gasper.

Continua depois da publicidade

Ou seja, as temperaturas mais altas que o normal e outros extremos do clima, tão conhecidos de Santa Catarina, como vendavais e dias secos, geram estresse, o que acaba ativando os hormônios que induzem o florescimento.

— Em muitos casos, plantas quando estão estressadas podem acabar florindo — complementa.

A flor nada mais é do que o órgão reprodutivo da planta. Esses processos hormonais ocorrem em determinados períodos. Ao enfrentar dias mais quentes que o esperado e intempéries climáticas, a vegetação tem esse ciclo antecipado, resultando nas flores.

Por enquanto, avalia Gasper, a situação não é uma grande preocupação para os estudiosos na região Sul — diferente do que está sendo observado na Amazônia, por exemplo. O que não dá para negar é que, apesar do pano de fundo negativo, a paisagem fica muito mais bonita em Blumenau durante esses dias.

Leia também

Por que SC lida com tantos extremos climáticos?

Destaques do NSC Total