Os Jogos Pan-Americanos 2023 começam nesta sexta-feira (20) e se estendem até 5 de novembro, em Santiago, no Chile, com 58 modalidades. Um dos favoritos, o Brasil conta com 622 atletas no total. Mas Joinville e região estão de olho em nomes específicos para voltar com uma medalha para Santa Catarina, além de aquecerem a torcida para os Jogos Parapan-Americanos, que acontecem de 17 a 26 de novembro.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

Junto das medalhas, estão em jogo também vagas para os Jogos Olímpicos de Paris 2024. Nas modalidades, há novidades. Além do breaking e do skate, a edição de Santiago terá outras estreias como a escalada. E até neste esporte, Joinville tem para quem torcer.

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Letícia Oro Melo

A principal esperança de medalha no atletismo é da joinvilense Letícia Oro Melo, no salto em distância. Campeã brasileira de 2022 e sul-americana de 2021, foi medalha de bronze no Campeonato Mundial de Atletismo de 2022 em Eugene, Estados Unidos.

Continua depois da publicidade

Aos 26 anos, a atleta da Corville-SC disputou recentemente o Mundial de Budapeste, na Hungria, em agosto. Após avançar nas eliminatórias, acabou ficando na 12ª colocação. O foco agora fica por conta do Pan-Americano, na busca de uma vaga nos Jogos Olímpicos de Paris. O índice feminino de classificação no salto em distância é de 6.86.

Anja Köhler

Na escalada esportiva, a suíça-brasileira Anja Köhler é a surpresa “catarinense”. Um dos principais nomes do Brasil na modalidade, a atleta de 19 anos optou por alterar a nacionalidade esportiva para competir pelo país, pátria do pai e do avô.

Também de olho em uma vaga Olímpica em 2024, Anja, que tem família em Joinville, foi 24ª e 27º nas duas provas olímpicas do último Mundial Júnior, e também tem o objetivo de estar nos Jogos de 2028, em Los Angeles.

Conheça todos os nomes de Joinville e região nos Jogos Pan-Americanos 2023

Continua depois da publicidade

Jogos Parapan-Americanos de 2023

Também na capital chilena, acontecem os Jogos Parapan-Americanos de Santiago 2023, de 17 a 26 de novembro. Desde 2007, quando a competição passou a ser realizada na mesma sede dos Jogos Pan-Americanos, os atletas brasileiros não conhecem outro resultado que não seja o primeiro lugar no quadro geral de medalhas. Foi assim no Rio 2007, em Guadalajara 2011, Toronto 2015 e Lima 2019.

Joinville e região já podem conhecer os paratletas para quem vão torcer, já convocados. Há nomes no atletismo, futebol de 7 PC, natação e tênis de mesa.

Edenilson Roberto Floriani

Um dos principais nomes joinvilenses é Edenilson Roberto Floriani. Aos 33 anos, ele foi medalha de bronze no Mundial de Atletismo Paralímpico em Paris, em julho deste ano, no arremesso de peso.

Paratleta do Cepe Joinville, é recordista das Américas com a marca de 14,40 metros. Foi ouro no lançamento de dardo e arremesso de peso no Aberto da Colômbia 2018. Após a conquista deste ano, ele revelou estar com garra para conquistar uma medalha no Chile.

Continua depois da publicidade

Talisson Henrique Glock

O nadador Talisson Glock é uma das grandes apostas do Brasil para novembro. Isso porque ele carrega consigo diversas conquistas nas águas, como nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 e nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019.

Em Jogos Paralímpicos, possui, ao todo, uma medalha de ouro, uma de prata e três de bronze. Recentemente, conquistou quatro medalhas no Mundial Paralímpico de Natação, em Manchester, no Reino Unido.

Conheça todos os nomes de Joinville e região nos Jogos Parapan-Americanos de 2023

*Sob supervisão de Lucas Paraizo

Leia também

Joinville Vôlei apresenta elenco para a Superliga e mira: “Estar entre os melhores do Brasil”

Continua depois da publicidade

FOTOS: Câmeras flagram puma, onça e outros animais silvestres em matas de SC

Joinville amplia campanha de multivacinação com Dia D e “Vacina Móvel”; veja horários

Destaques do NSC Total