nsc
santa

Justiça

Assassinato por causa de ovos fritos termina com 12 anos de prisão no Alto Vale

Foi o segundo homicídio cometido pelo jovem de 19 anos; caso aconteceu em Ituporanga

29/07/2021 - 08h17

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Armada usada no crime foi encontrada pela polícia
Armada usada no crime foi encontrada pela polícia
(Foto: )

O assassinato de um homem por causa de ovos fritos em Ituporanga chegou ao Tribunal de Justiça nesta quarta-feira (28). O criminoso, atualmente com 19 anos, recebeu sentença de 12 anos de prisão por matar o colega de serviço por motivo fútil e uso de meio cruel. Ele deve cumprir a pena, incialmente, em regime fechado.

> Receba notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

O crime que chocou o Alto Vale do Itajaí ocorreu em agosto do ano passado. Além de trabalharem juntos, os dois também dividiam moradia até que um dia a vítima questionou o assassino sobre o motivo de não ter deixado ovos fritos para ele e ainda ter sugerido que cada pessoa da casa contribuísse na compra dos alimentos.

Irritado com as cobranças, o agressor pegou uma faca e desferiu 11 golpes no pescoço, rosto, peito e costas do amigo. O assassinato bárbaro levou o júri a condená-lo por homicídio duplamente qualificado. A sentença será cumprida no Presídio Regional de Rio do Sul, onde o criminoso está desde o homicídio.

Segundo a Polícia Civil, quando adolescente, ele já havia matado uma mulher de 41 anos em Pernambuco.

Leia também

> Morador de Pomerode perde R$ 15 mil ao cair em golpe on-line

> Larvas são encontradas na boca de idosa levada ao médico em Itapema; polícia vai investigar

> Adolescente morto em Timbó tentou defender amigo após caso de traição, diz delegado

Colunistas