nsc

    Educação

    Até 15 mil estudantes de escolas estaduais de SC estão fora de aulas não presenciais, diz secretário

    Falta de adesão já chegou a 34 mil alunos, mas governo trabalha para contornar problema

    22/07/2020 - 11h14 - Atualizada em: 22/07/2020 - 11h33

    Compartilhe

    Por Juliana Gomes
    Atividades não presenciais são alternativa ao distanciamento social imposto pela pandemia
    Atividades não presenciais são alternativa ao distanciamento social imposto pela pandemia
    (Foto: )

    Em Santa Catarina, cerca de 15 mil estudantes de escolas estaduais não participam das atividades escolares online ou por meio de material impresso, adotadas durante a pandemia do coronavírus. De acordo com o secretário de estado da educação Natalino Uggioni, essa evasão já chegou a 34 mil, mas vem sendo revertida pelo trabalho das equipes de ensino.

    Em entrevista ao Bom dia Santa Catarina desta quarta-feira (22), Uggioni afirmou que ainda não considera a hipótese de manter as aulas presenciais suspensas até o fim de 2020, mas a retomada depende das orientações das autoridades sanitárias.

    - Depois de uma busca ativa a 34 mil estudantes que não estavam participando (de atividades não presenciais), dos 540 mil estudantes de SC, chegamos a 15 mil estudantes até a semana passada. Nosso objetivo é zerar esse número – afirmou o secretário.

    Conforme Uggioni, um comitê formado por representantes de diversas entidades trabalha na elaboração de um protocolo para retomada das aulas presenciais.

    - Ainda não trabalhamos com a hipótese de levar essas ações não-presenciais até o fim do ano. Contamos com a possibilidade da retomada das aulas presenciais, para que possamos fazer uma ampla recapitulação, um movimento intenso para continuidade do ano letivo para que possamos dar conta da responsabilidade do conteúdo de 2020 e 2021, mas dependemos das informações da secretaria de saúde – ponderou.

    Para aumentar a adesão às atividades remotas, a secretaria trabalha em uma campanha direcionada a estudantes, pais, responsáveis e professores. Em lives, professores receberam capacitação e os estudantes foram orientados sobre a importância da dedicação às atividades escolares.

    - A grande preocupação deles era: “nós corremos o risco de perder o ano letivo, de não sermos aprovados?” Sim. Nosso recado foi: “tratem de absorver esse conteúdo porque fará parte do ano letivo e na retomada das aulas, faremos que demonstrem que aprenderam” – relatou.

    Leia também:

    > Balanço: SC tem mais 44 mortes por coronavírus e 2 mil novos casos confirmados

    > Confira dados atualizados por cidade no Painel do Coronavírus

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Educação

    Colunistas