nsc

publicidade

Trânsito

Até março, 1900 motoristas perderão acesso à estrada da Base Aérea em Florianópolis

Comando alega que nova estrada para o aeroporto justifica a medida

20/08/2019 - 16h18 - Atualizada em: 20/08/2019 - 17h06

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
Dias contados: motoristas perderão passe de acesso à estrada da Base Aérea
Dias contados: motoristas perderão passe de acesso à estrada da Base Aérea

Até março de 2020, 1900 motoristas perderão o passe de acesso à estrada da Base Aérea de Florianópolis. Atualmente, 2300 motoristas têm direito a passar pelo local para fugir das filas nas estradas públicas. A meta do comando da Base é permitir no máximo 400 veículos em 2020.

— Com o novo acesso para o aeroporto, não há mais necessidade de usar a base. O deslocamento ficará seis minutos mais rápido pela nova estrada do que pela Base. Hoje não há segurança para a Base nem para os usuários. É muito comum termos problemas com veículos quebrados e até atropelamentos. A nossa via interna dá acesso às pistas do aeroporto. É uma questão de segurança — afirma o Comandante da BAFL, coronel aviador Luiz dos Santos Alves.

O benefício é concedido principalmente a moradores da Tapera. A mudança será gradativa. Quando da inauguração da nova estrada, 1° de outubro, motoristas com o benefício do passe vão começar a receber cartas informando que perderão o benefício a partir de 1° de novembro. O processo será concluído em março.

— O normal é termos 400 passes no máximo. O ideal é zero — concluiu o comandante.

Na prática, mais 1900 carros serão obrigados a usar as estradas públicas, como a SC-405 e o novo acesso ao Aeroporto, que vai contornar o bairro Carianos.

Deixe seu comentário:

publicidade