O Avaí entrou com pedido de recuperação judicial junto ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) na segunda-feira (17). A ação ocorre após análise da situação financeira do clube que identificou dívidas acumuladas de mais de R$ 107 milhões. As informações são do ge SC.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Grande Florianópolis pelo WhatsApp

Em março, os conselheiros do clube se reuniram para apresentação de um relatório sobre a situação financeira do time. Foram analisados todos os ativos e passivos, além de levantado o histórico de dívidas. 

O presidente do Conselho, Luciano Kowalski, disse à época ao ge que a situação financeira do clube era “extremamente preocupante” e que o grau de endividamento demandava ações imediatas.

– A Comissão apurou, na mesma linha do que já vem sendo divulgado pelo clube, uma situação financeira extremamente preocupante. O grau de endividamento atingido pelo clube em virtude dos déficits que se verificaram em exercícios anteriores demanda ações imediatas no sentido da reestruturação econômica do Avaí. Nesse sentido, foram apontadas sugestões relacionadas às receitas e despesas do clube, bem como a possibilidade do estudo mais aprofundado sobre a Sociedade Anônima do Futebol nesse contexto – disse Kowalski  em contato com a reportagem do ge em março.

Continua depois da publicidade

Já o presidente do clube, Júlio Heerdt, o pedido de recuperação judicial traz segurança para os atletas, funcionários e fornecedores do Avaí. 

– No último ano trabalhamos diariamente na reestruturação financeira do Avaí. Acompanhamos de perto a execução orçamentária, buscando o equilíbrio de receitas e despesas do dia a dia, não assumimos novas dívidas e estamos com os salários em dia. Apesar disso, os juros fazem o endividamento seguir crescendo. A medida adotada traz segurança para os atletas, funcionários e fornecedores do clube – disse o presidente ao ge SC. 

Leia também

Conmebol anuncia prêmio extra de R$ 1,5 mi por jogo vencido na Libertadores

Barcelona nega crime e chama Real de cínico em escândalo de arbitragem

Destaques do NSC Total