nsc
dc

Gigante voador

Avião cargueiro de 400 toneladas pousa pela primeira vez em Florianópolis

Aeronave do modelo 747-400F veio da China e pousou no aeroporto de Florianópolis nesta quinta-feira (11)

11/06/2020 - 14h22 - Atualizada em: 12/06/2020 - 09h29

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Avião 747-400 em Florianópolis
Avião é o primeiro da categoria "wide body" a pousar em Florianópolis. Aeroporto foi autorizado a fazer esse tipo de operação em outubro do ano passado
(Foto: )

O Aeroporto Internacional de Florianópolis fez uma operação inédita nesta quinta-feira (11). Pela primeira vez na história, um avião do modelo boeing 747-400F pousou no terminal da Capital. A aeronave cargueira pesa quase 400 toneladas e é uma das mais apreciadas pelos amantes da aviação no mundo.

> Dia dos namorados: receitas para deixar o jantar em casa com cara de restaurante

O avião veio da China e pousou em Florianópolis por volta das 15h trazendo uma carga de 700 metros cúbicos de produtos hospitalares comprados por um importador privado. O gigante voador é da companhia aérea Terra Avia (da Moldávia) e parte de Santa Catarina nesta sexta (12) por volta das 2h30min.

Antes do pouso do 747-400 desta quinta, o mais perto que o aeroporto de Florianópolis chegou de uma aeronave tão grande foi 25 anos atrás, no pouso de um 747-200 - modelo parecido mas um pouco menor e mais leve.

A operação com o avião de 400 toneladas foi possível graças a uma série de mudanças que ocorreram no aeroporto no último ano, que permitiram o pouso de aeronaves “wide body” ou código “E”, conforme os parâmetros da ANAC. A homologação para esse tipo de operação ocorreu em outubro do ano passado, e o pouso do 747-400 é o primeiro desde então.

Contou para a autorização a ampliação da pista principal do aeroporto, o alargamento da pista com a implementação de acostamentos, o aumento da capacidade de pátio no novo terminal e a construção de áreas de segurança nas cabeceiras.

- Este voo é a materialização de um aspecto do Aeroporto Internacional de Florianópolis, que a Floripa Airport sempre acreditou e trabalhou arduamente para demonstrar: somos um aeroporto com condições excepcionais para a movimentação de cargas, com infraestrutura no mesmo nível dos 5 principais aeroportos do país para o setor - avaliou o diretor geral da concessionária Floripa Airport, Ricardo Gesse.

Outras condições do aeroporto catarinense também favorecem as operações da categoria E, como a resistência do pavimento, a altitude ao nível do mar e o baixo índice de fechamento do aeroporto por condições meteorológicas.

> Dia dos namorados e isolamento social: nem sempre o amor e o contato físico andaram juntos

Com as adequações e o primeiro pouso concretizado, a administração do aeroporto acredita que a cidade pode se tornar um importante ponto de transporte aéreo de cargas.

- O Floripa Airport Cargo é um novo player no cenário de logística aérea internacional, o que, do ponto de vista nacional, diversifica as opções do mercado e, ao olhar o universo local, traz muitos frutos ao estado catarinense. Até agora, o que acontecia é que o importador internacional trazia a carga aérea por São Paulo e depois dependia do transporte rodoviário para chegar a Santa Catarina. Agora, saímos desta dependência total de São Paulo, reduzindo custo e tempo de importação. É um novo cenário que gera emprego na região e movimenta nossa economia - finaliza Gesse.

Avião 747-400 em Florianópolis
Avião pousou por volta das 15h
(Foto: )

Avião
Aeroportos precisam de características específicas para receber esse tipo de aeronave
(Foto: )

Avião 747 400 em Florianópolis
(Foto: )

Colunistas