nsc
    an

    Cidade

    Bebê nasce dentro de carro de transporte por aplicativo na zona Sul de Joinville

    Bombeiros estavam atendendo uma colisão entre dois carros quando foram chamados para ajudar no parto

    22/09/2020 - 15h56 - Atualizada em: 22/09/2020 - 16h38

    Compartilhe

    Cláudia
    Por Cláudia Morriesen
    foto mostra local interditado para que bombeiros pudessem fazer o parto
    Menina nasceu dentro do carro, na rua Monsenhor Gercino, em Joinville
    (Foto: )

    Um parto foi registrado dentro de um carro na zona Sul de Joinville nesta terça-feira (22). Os bombeiros voluntários de Joinville estavam atendendo a outra ocorrência quando foram chamados para ajudar em um parto na rua Monsenhor Gercino, no bairrro Paranaguamirim. 

    > Entenda o que causou cheiro e gosto ruim na água em Joinville

    Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

    Às 10h48, a unidade dos bombeiros da zona Sul de Joinville foi acionada para atender a um acidente entre dois carros, com uma vítima encarcerada nas ferragens. Os bombeiros do Centro foram chamados, com a ambulância e o serviço de resgate veicular. 

    — Tivemos um problema no deslocamento, porque o trem estava passando lentamente e tivemos que mudar a rota. Mesmo assim, conseguimos chegar a tempo — contou o chefe de equipe Rafael Iaguczeski.

    Assim que terminaram o atendimento, um motorista de transporte por aplicativo parou ao lado dos bombeiros para avisar que uma mulher estava em trabalho de parto na mesma rua. A ambulância, no entanto, estava ocupada pela vítima do acidente de carro, que havia sofrido traumatismo craniano e inspirava cuidados. 

    Por isso, a ambulância foi enviada para o hospital e os bombeiros, com a bombeira Sandra e a socorrista Marina, prestaram atendimento à mulher dentro do carro, com a área isolada. A menina nasceu pouco depois das 11 horas da manhã, no mesmo momento em que a ambulância do Samu, que havia sido chamada pelos bombeiros, chegou ao local.

    — Eles prestaram um serviço ótimo no local e levaram a mãe e a criança para o hospital. A mãe estava bem, muito responsiva durante o parto, e a menina nasceu saudável — explicou Rafael.

    Colunistas