nsc
an

Juntos por Santa Catarina

Bethesda amplia infraestrutura hospitalar para ajudar Joinville no enfrentamento da pandemia

Governo do Estado e da Secretaria Municipal de Saúde também apoia a criação de infraestrutura emergencial 

20/07/2020 - 14h59 - Atualizada em: 20/07/2020 - 15h03

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
covid
(Foto: )

O combate ao coronavírus está exigindo ampliação emergencial das estruturas médicas de atendimento à população em todas as frentes, sobretudo à grande massa que depende do atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Assim, o Hospital Bethesda – que tradicionalmente é um hospital filantrópico de retaguarda, considerado de médio porte – também está recebendo apoio do Governo do Estado e da Secretaria Municipal de Saúde para criação de infraestrutura hospitalar para atendimento emergencial a pacientes em estado grave, que demandam Unidade de Terapia Intensiva (UTI), de alta complexidade e equipamentos especializados, como respiradores.

> Joinville registra mais quatro mortes por coronavírus e tem 1,1 mil casos ativos

Nova infraestrutura hospitalar no Bethesda

Para isso, a Instituição Bethesda acaba de investir mais de R$ 1 milhão (graças aos recursos obtidos junto à população na aquisição da Trimania como título de capitalização de filantropia premiável) para criação de infraestrutura emergencial no hospital, com ampliações e reformas que resultaram em 35 novos leitos para enfrentamento da COVID-19. Desse total:

- 20 são leitos de enfermaria para acolhimento e tratamento de pacientes infectados pelo coronavírus que já estão funcionando desde o final do mês de junho;

- 10 são leitos de UTI que começam a entrar em operação a partir da próxima segunda-feira, 27/07, com uma ala nova totalmente reformada para atendimento a pacientes em estado grave – isso foi possível porque o hospital desativou o centro cirúrgico em que realizava cirurgias eletivas antes da pandemia;

- E 5 são leitos de enfermaria para tratamento semi-intensivo, destinado aos pacientes que estão prestes a entrar na UTI ou que acabaram de sair da UTI.

Além disso, em termos de equipamentos, o Governo do Estado de SC repassou para o hospital 10 novos respiradores e o Município de Joinville mais 5 respiradores novos, totalizando 15 equipamentos encaminhados pelas secretarias estadual e municipal da saúde. Fora isso, com os recursos advindos da Trimania, foram adquiridos diversos equipamentos importantes e de alto custo, tais como: camas de UTI, monitores multiparâmetros e bombas de infusão.

O Hospital Bethesda atende mais de 110 mil pacientes por ano, procedentes de toda a região nordeste catarinense, sendo que mais de 90% dos atendimentos são feitos pelo SUS.

​​Acesse o canal Juntos Por Santa ​Catarina e veja iniciativas inspiradoras de quem vem enfrentando a crise da Covid-19.​​​​​​​​​​​​​​​​​​

Colunistas