Um bilhete escrito por um casal de Indaial e enviado junto com doações para o Rio Grande do Sul comoveu os moradores da pequena cidade gaúcha de Nova Santa Rita. A cartinha à mão tinha como destino famílias atingidas pelas enchentes e foi encontrada por pessoas que faziam a triagem dos donativos. Além de ajuda a quem tanto precisa, as palavras levaram acalento aos corações:

Continua depois da publicidade

“Espero que o agasalho aqueça além do corpo de alguém, também a sua alma e seu coração. Enviamos a nossa solidariedade e compaixão”, escreveram os doadores identificados apenas como Fran e Nando.

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Vinho exclusivo é sorteado em rifa para ajudar vítimas de enchente no RS

Isabelli Nayá Ribeiro Flores, uma das quase 30 mil pessoas que moram em Nova Santa Rita, aparece em um vídeo recebido pela prefeitura de Indaial lendo o bilhete em voz alta. Após a menina de apenas 10 anos proferir as palavras, todos no entorno aplaudem em agradecimento (assista abaixo). Cerca de 100 toneladas de doações já foram encaminhadas ao município gaúcho pelos indaialenses.

Continua depois da publicidade

A prefeitura de Indaial “adotou” a cidade Nova Santa Rita para prestar auxílio na reconstrução após as cheias. Servidores da Defesa Civil, Secretaria de Saúde e Assistência Social foram enviados ao município gaúcho ajudar. Remessas de gelo e gás de cozinha também têm sido feitas para a resposta aos atingidos.

Segundo a prefeitura de Nova Santa Rita, nesta quinta-feira (16) eram 11 abrigos abertos com 1,1 mil pessoas, as quais perderam tudo o que tinham. Nesses espaços são servidas quatro refeições diárias, feitas com mantimentos recebidos de doações. Outras milhares de pessoas estão abrigadas na casa de amigos, parentes e vizinhos. Para esses, a prefeitura tem feito um cadastro e entregue alimentos e colchões para se manterem nas residências onde estão acolhidos.

Beto Carrero dá entrada de graça a visitante que ajudar crianças do Rio Grande do Sul

Fotos mostram enchente em Nova Santa Rita

Cenário caótico

Em todo o Rio Grande do Sul são cerca de 2,1 milhões de pessoas atingidas pelas enchentes. Além das milhares de pessoas em abrigos, o número de mortes chegou a 149, conforme o boletim de quarta-feira (15). Outras 108 pessoas estão desaparecidas, segundo o governo gaúcho.

Continua depois da publicidade

Quem quiser fazer doações em dinheiro, há uma conta oficial:

Chave pix: CNPJ 92.958.800/0001-38
Banco do Estado do Rio Grande do Sul ou Associação dos Bancos no Estado do Rio Grande do Sul

Leia mais

Não há imóveis para tantos desabrigados, diz prefeito de Porto Alegre

Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, deve ficar fechado até setembro

Doações via PIX para vítimas do RS passam dos R$ 100 milhões em 12 dias

Destaques do NSC Total