Uma cobra-de-duas-cabeças foi encontrada no quintal de casa de um biólogo em Jaraguá do Sul. De nome científico anfisbena, o animal vive comumente embaixo da terra e, por isso, é pouco visto. 

Continua depois da publicidade

​​> ​Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

​Segundo Christian Raboch, profissional que encontrou a cobra e que atua na Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama), a cobra é inofensiva às pessoas e imita um rosto na cauda para enganar predadores, como gavião, por exemplo. 

A cobra-de-duas cabeças, que apareceu em meio a um monte de britas na tarde de segunda-feira (25), é inofensiva e não possui veneno. “O pessoal confunde como cobra e pode acabar matando”, comentou. 

Ainda segundo o biólogo, o animal tem escamas em todo o corpo e, além de viver embaixo da terra e, portanto, ser difícil de ser encontrada, alimenta-se de animais invertebrado, insetos, que encontras nas galerias de túneis. 

Continua depois da publicidade

“O pessoal acha às vezes quando vai mexer na horta, fazer terraplanagem. Remove a terra e ele acaba aparecendo. É totalmente inofensivo e serve de alimento para animais maiores”, resumiu. 

Leia também

Presídio Feminino de Joinville é aberto após mais de cinco anos de atraso

FOTOS: Por terra e ar, Bope procura por motorista que matou policial de Blumenau

Destaques do NSC Total