Um investimento milionário pretende colocar o aeroporto de Blumenau em condições de voltar a receber voos comerciais. O recapeamento das pistas do Quero-Quero começou na semana passada e será executado paralelamente às obras de balizamento, necessárias para pousos e decolagens à noite.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Somente para recuperar as pistas, com fresagem e novo asfalto, o investimento é na ordem de R$ 7,7 milhões. Outros R$ 3,4 milhões estão sendo aplicados no balizamento – que chegou a ser interrompido no início do ano –, e mais R$ 2,3 milhões foram usados para cercar o aeroporto de Blumenau. O dinheiro, que somado chega a R$ 13,4 milhões, vem do governo de SC, com contrapartida da prefeitura.

O secretário de Trânsito e Transportes, Alexandro Fernandes, diz que a expectativa é deixar a estrutura completamente pronta em 2024. Em outubro, durante a Oktoberfest, a Azul operou voos comerciais na cidade e, apesar das enchentes, teria tido um resultado positivo, conforme o gestor municipal.

Na visão da prefeitura de Blumenau, responsável pelo Quero-Quero, a estrutura hoje usada para voos executivos e também de saúde, como o Arcanjo-03, tem potencial para voos regionais. A ideia não é ser como Aeroporto de Navegantes, mas receber aviões, por exemplo, do Sul e Oeste de SC.

Continua depois da publicidade

Segundo Fernandes, o município também tem conversado com a Infraero sobre a possibilidade de terceirizar a gestão do aeroporto.

FOTOS: Viagem no tempo mostra evolução dos ônibus do transporte coletivo em Blumenau

Veja fotos das obras no Aeroporto Quero-Quero

Leia mais

Escola pública de Blumenau faz história com 3 troféus em Olimpíada de Astronomia e Astronáutica

Astronauta mais jovem a pisar na Lua vai a Balneário Camboriú inaugurar “Parque da Nasa”

Destaques do NSC Total