nsc
    dc

    Meio ambiente

    Bolsonaro pede que queimadas na Amazônia não sejam pretexto para retaliação

    Presidente fez pronunciamento em rede nacional sobre o assunto na noite desta sexta-feira (23)

    23/08/2019 - 20h30 - Atualizada em: 23/08/2019 - 21h39

    Compartilhe

    Por Folhapress
    Presidente Bolsonaro fez pronunciamento em rede nacional sobre as queimadas na Amazônia
    Presidente Bolsonaro fez pronunciamento em rede nacional sobre as queimadas na Amazônia
    (Foto: )

    Em um tom moderado, o presidente Jair Bolsonaro defendeu na noite desta sexta-feira (23) que a série de queimadas na floresta amazônica não pode servir de pretexto para sanções internacionais contra o Brasil.

    Em pronunciamento em cadeia nacional, no qual evitou atacar diretamente autoridades europeias, o presidente defendeu serenidade e disse que "espalhar dados e mensagens infundadas dentro ou fora do Brasil não contribui para resolver o problema".

    — Incêndios florestais existem em todo o mundo e isso não pode servir de pretexto para possíveis sanções internacionais. O Brasil continuará sendo, como foi até hoje, um país amigo de todos e responsável pela proteção de sua floresta amazônica — disse.

    O presidente da França, Emmanuel Macron, classificou os incêndios criminosos como uma crise internacional, prometeu levar o assunto para o G7 e disse que, caso a situação não mude, defenderá que não seja fechado o acordo entre Mercosul e União Europeia.

    — Diversos países desenvolvidos, por outro lado, não conseguiram avançar com seus compromissos no âmbito do Acordo de Paris. Seguimos, como sempre, abertos ao diálogo, com base no respeito, na verdade e cientes da nossa soberania — disse Bolsonaro.

    O presidente brasileiro disse ainda que países desenvolvidos ofereceram ajuda para reduzir as queimadas e afirmou que eles se prontificaram a "levar a posição brasileira junto ao G7", em uma referência aos Estados Unidos.

    — É preciso ter serenidade ao tratar dessa matéria. Espalhar dados e mensagens infundadas dentro ou fora do Brasil não contribui para resolver o problema. E se prestam apenas a uso político e a desinformação — disse.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas