nsc
santa

Vítimas da Covid-19

Bombeiro comunitário morre vítima de coronavírus em Blumenau

Morte foi confirmada pela assessoria de imprensa da SES e pelo 3º Batalhão de Bombeiros Militar

26/07/2020 - 11h21 - Atualizada em: 26/07/2020 - 11h22

Compartilhe

Por Guilherme Simon
Bombeiros comunitário Amarildo Burckhart
Amarildo Burckhart tinha 52 anos
(Foto: )

Um bombeiro comunitário morreu vítima de coronavírus neste sábado (25) em Blumenau, no Vale do Itajaí. Amarildo Burckhart tinha 52 anos. A morte por Covid-19 foi comunicada pelo 3º Batalhão de Bombeiros Militar, de Blumenau, e confirmada pela assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Saúde (SES) na manhã deste domingo (26).

> Blumenauense faz homenagem anônima a profissionais de saúde no Hospital Santa Isabel

Segundo o Corpo de Bombeiros, Amarildo atuava há mais de 20 anos e era o mais antigo bombeiro comunitário em atividade no batalhão. Conforme a prefeitura da cidade, ele estava internado desde o dia 15 de julho no Hospital Santa Isabel.

A cidade de Blumenau soma 37 mortes por coronavírus e tem 4,3 mil casos confirmados da doença, de acordo com o boletim da Secretaria de Estado de Saúde divulgado neste sábado.

Em nota publicada nas redes sociais, o 3º Batalhão de Bombeiros Militar lamentou a morte de Amarildo e prestou solidariedade a familiares e amigos.

“Amarildo era assíduo no serviço voluntário, vindo semanalmente ao quartel do Centro doar seu tempo e esforço à comunidade blumenauense. Dono de uma disposição interminável e de um enorme coração, Amarildo amava o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, que hoje se despede de um grande amigo e um excelente bombeiro”, diz trecho da nota.

Na manhã deste domingo (26), guarnições fizeram um minuto de silêncio em homenagem ao bombeiro que morreu vítima de Covid-19.

> Vídeo registra queda de avião monomotor no Centro de Guabiruba, no Vale do Itajaí

Em relatório divulgado na última quarta (22), a Associação de Praças de Santa Catarina (Aprasc) apontou que o número de policiais militares e bombeiros infectados pelo novo coronavírus em Santa Catarina cresceu mais de 100% em 15 dias.

Entre os policiais, os casos subiram de 114 para 240, um crescimento de 110%. Já o número de bombeiros que testaram positivo para a Covid-19 passou de 54 para 107, com uma alta de 98%.

Colunistas