nsc
    hora_de_sc

    UMA NOITE NA MATA

    Bombeiros resgatam cinco pessoas em trilha de Florianópolis

    Grupo se perdeu na trilha da Lagoinha do Leste e ficou durante quase 12h num local de difícil acesso e considerado de risco

    04/01/2020 - 09h32 - Atualizada em: 13/01/2020 - 22h28

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    são retirados da mata três italianos e dois brasileiros
    são retirados da mata três italianos e dois brasileiros
    (Foto: )

    O helicóptero Arcanjo 01 do Corpo de Bombeiros de Florianópolis realizou na manhã deste sábado (4) o resgate de cinco pessoas que estavam perdidas há mais de 12h na trilha da Lagoinha do Leste, no Pântano do Sul, em Florianópolis. O grupo passou a noite na mata, em um local considerado de risco.

    Como não há sinal de celular na região, o primeiro pedido de socorro foi realizado por volta das 21h dessa sexta-feira (3), através no canal de emergências da Polícia Militar, que encaminhou aos Bombeiros. Já faziam 3h que o grupo tentava sair da mata quando conseguiu pedir ajuda.

    Equipes se empenharam nas buscas desde às 22h, segundo o tenente coronel Diogo Bahia Losso, do Corpo de Bombeiros. Depois de seis horas de procura e oito quilômetros percorridos, conseguiram ter uma noção de onde estavam as pessoas. No entanto, como a trilha está bastante prejudicada por conta da chuva, não foi possível acessar o local:

    — As equipes conseguiram contato via SMS com o grupo perdido, que informou estar ouvindo o apito que usamos em casos como esse, sendo possível delimitar a área onde eles estavam, o que facilitou no início da manhã para a localização exata.

    Assim que o dia amanheceu, a equipe do Arcanjo foi acionada para auxiliar no resgate dos três italianos e dos dois brasileiros - ambos de São Paulo, porém um mora em SC. De acordo com o comandante de operações aéreas, tenente Machado, inicialmente eram dois grupos distintos que se encontraram na trilha e ficaram juntos, a fim de encontrar o caminho de volta.

    Depois de quase duas horas de trabalho, a primeira pessoa foi resgatada de um local de difícil acesso. A primeira a ser retirada da trilha era a pessoa mais debilitada no momento. O resgate ocorreu através do rapel e foi concluído por volta das 10h.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas