Após quase 10 anos de obras, os primeiros trechos de duplicação na BR-280 foram inaugurados nesta terça-feira (27), com a liberação de 1,6 mil metros entre os km’s 49 e 50 da via, em Guaramirim, no Norte de Santa Catarina. O ministro dos Transportes, Renan Filho, tinha previsão de participar da cerimônia por estar na região, mas não foi ao local por questões de horário e logística. 

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O ministro esteve, ainda assim, em Jaraguá do Sul, de onde afirmou que a visita a Santa Catarina tem o objetivo de vistoriar as obras federais de perto. Além disso, ele disse que o governo Lula (PT) avançará significativamente nas obras de duplicação da BR-280 nos próximos dois ou três anos.

Questionado sobre as etapas de duplicação nos trechos que ligam Joinville aos municípios de Araquari e São Francisco do Sul, Renan disse que a prioridade é finalizar as obras já iniciadas. 

— As obras que tinham, andavam lentamente. Agora, primeiro, vamos terminar essas que já existem. Os novos trechos vão ser feitos em conjunto com recursos públicos e parcerias com iniciativas privadas — anunciou, em visita acompanhada in loco pelo NSC Total.

Continua depois da publicidade

Trecho duplicado na BR-280, em Guaramirim (Foto: Lucas Koehler/A Notícia)

Sem estabelecer prazos, o ministro afirmou que trabalha para Santa Catarina ter um investimento público de R$ 5 bilhões para novos trechos de duplicações, valor que poderia chegar a R$ 15 bilhões a partir de concessões com a iniciativa privada. 

No Norte catarinense, ele ainda criticou o regime fiscal atual do teto de gastos e disse que Santa Catarina vai receber mais investimentos após a PEC de transição e o novo arcabouço fiscal, ambas medidas do governo federal.

— O país voltou a investir com mais força. No ano passado, Santa Catarina recebeu apenas R$ 264 milhões do governo federal em investimentos de obras. Esse ano, vamos investir 1,4 bilhão. Significa mais túneis, obras de duplicação e mais segurança para as pessoas e melhoria na economia com logística — ressaltou. A diferença nos valores foi um tema abordado pelo colunista Ânderson Silva, do NSC Total. 

Túnel de mil metros em Jaraguá do Sul

Em Jaraguá do Sul, o ministro Renan Filho visitou as obras no túnel Antônio Bessa. Com um trecho de 1.065 metros, o local vai ligar os kms 65,7 e 66,7, conectando dois bairros da cidade. 

Continua depois da publicidade

Obras começaram em 2014 e, até o momento, estão 50% prontas (Foto: Lucas Koehler/A Notícia)

As obras, que começaram em 2014, deveriam ter sido entregues em 2018, porém, após uma série de atrasos, devem ser finalizadas apenas em 2025.

Até o momento, o local está com apenas 50% das obras prontas e já teve um custo de R$ 150 milhões.

Leia também

Novas concessões em estradas de SC são improváveis antes de 2025

Contorno de R$ 500 milhões em Joinville ganha licença; obras ainda sem data

Destaques do NSC Total